Por que títulos?

Ser concurseiro(a) não se limita apenas a estudar quando determinado edital é lançado. Ser concurseiro(a) implica determinar uma meta de vida ainda no decorrer da academia.

Sim. Estou na faculdade e decido ser concursado. Pronto. Começo a estudar o conteúdo. Entretanto, após a prova, sinto um “vazio”, um medo de perder colocações por causa da temida prova de títulos.

Realmente, você perderá colocações no quesito tempo de serviço, caso não o tenha, mas poderá ganhar pontos se, durante a graduação e após, você investir em cursos de carga horária razoável – pode ser a partir de 40 horas – e em pós-graduação.

Vale ressaltar que a residência é uma pós-graduação diferenciada na contagem de pontos para título e isso é muito importante e fator de modificação de colocação em qualquer certame.

O mestrado e o doutorado são exemplos de pós stricto sensu cuja pontuação são os maiores diferenciais na prova de títulos.

Aliando o investimento na preparação para a prova, você também investirá nos títulos, assegurando a manutenção e melhoria da colocação no certame.


Profa Ana Carolina Enfermeira

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo