Não pense, estude!

Lembro-me até hoje do instrutor nos fuzileiros navais gritando comigo: "Oliveira, você pensa demais! Quem pensa é cientista"! O ensinamento implícito na gritaria era "faça, não pense". Se você parar para pensar, o instrutor é um sábio. Acho que é por isso que vemos vários militares passando em concurso público. O militar, pela natureza da profissão, deve ser um exímio executor.


O fato é que tem muita gente que planeja demais, sabe tudo o que tem que fazer, mas na hora de executar não cumpre. Há ainda aqueles que tem o péssimo hábito de ficar lamentando do estudo, antes mesmo de sentar para estudar. É aquele tipo de pensamento que surge espontaneamente, tipo assim: "Oh meu Deus, às 19:00 terei que estudar contabilidade".


Não sofra por antecipação. Simplesmente esqueça do estudo no momento em que você não está estudando. Se você já tem uma hora alocada para o estudo, pra que ficar pensando nele antes? Ou depois? Crie um instrutor fuzileiro naval virtual e repita consigo mesmo: pare de pensar, faça!


Quando você mistura os vários papéis que desempenha durante a vida, você acaba não sendo bom em coisa alguma. O segredo, insisto, é: planejamento bem feito + foco no presente.


O momento de pensar no estudo é durante o seu planejamento, quando você fica arquitetando todo seu "plano malígno" de passar em um concurso público. No entanto, na hora que você está sentando na cadeira, executando, não importa quanto você vai ganhar ou quanto tempo vai demorar pra passar, muito menos se você está usando o cheque especial no final do mês. O que interessa, de fato, é ler com qualidade.


Num primeiro momento pode até parecer complicado, mas com pratica dá pra se condicionar. Como você pode perceber, o sistema é bruto, mas é simples. Não complique o óbvio, simplesmente sente e estude!


Abs!


Prof. Igor Oliveira

0 comentário