Horas líquidas mínimas: e aí, de quantas eu preciso para ser aprovado?

Pergunta difícil de responder!


Aliás, acho que nem resposta correta tem!


Depende de muitos fatores!


A minha meta sempre variou entre 21 e 35 horas líquidas semanais. Consegui estudar mais de 8 horas líquidas uma vez só, por 20 dias seguidos (excepcionando finais de semana), ao tirar férias para prestar o concurso de Auditor do Tribunal de Contas do DF. Não conseguiria manter um ritmo desses mais do esse prazo em voga. Para mim, seria algo humanamente impossível.


Capacidade de estudar várias e várias horas é muito relativo. Estudar 3 horas líquidas por dia resulta em aprovação. Digo porque eu e inúmeros amigos e alunos fomos aprovados estudando assim, com essa média. Estudar 8 pode não resultar nessa mesma aprovação! Equilíbrio gera aprovação! 8 horas por dia durante 1 ano não é equilíbrio!


E mesmo com essa média de “apenas” 3 horas, não se preocupe se ocorrerem oscilações. A minha rotina de cumprimento realmente variava muito de semana a semana. Algumas com mais, outras com menos. Mas saiba que isso é quase que algo unânime entre os que estudam para concursos.


Já trabalhei no coaching/treinamento individual com mais de 1.000 alunos, e arrisco dizer que uns 30 ou 40 desses cumpriram as metas de forma religiosa durante todo o meu acompanhamento. Ou seja, a maioria de vocês convive com problemas, os quais geram consequências diretas no batimento ou não de metas. Então não se desespere se as metas cheias não forem atingidas de forma completa em todas as semanas.


De todo modo, meta dada deve ser meta ralada, no relógio, ou seja, verdadeira. Nunca estude sem marcar o seu tempo. Se você não gosta dessa ideia, faça um teste: estude do mesmo modo que você estuda todos os dias, mas marcando no relógio todas as interrupções. Veja se o tempo final não será muito diferente do que você pensa.


Sempre estudei e trabalhei, ou seja, o meu tempo livre era de ouro. Sempre visei o médio/longo prazo, formando uma base teórica com foco. O curto prazo não funciona para aqueles que possuem pouco tempo disponível para os estudos. Foco no curto prazo pode gerar frustração e ansiedade. Se você tem 2 ou 3 horas livres por dia para estudar, e o seu objetivo é um concurso que cobra 10 matérias, tire a pressa do seu alvo.


Tenha paciência e procure pensar sempre em termos de pequenas metas, como acumular horas de estudo com qualidade ao mês. Com o tempo, o conhecimento estará absorvido, e o resultado virá. Estudar 1 hora por dia, de forma regular, mas efetivamente todos os dias, representará 365 horas líquidas qualificadas ao final de um ano, o que certamente colocar-lhe-á em condições de disputar a vaga desejada.


Se você acorda às 5:00 da manhã, arruma o café da família, sai às 06:30 para o trabalho, e pega ônibus ou metrô, utilize o seu trajeto de 30 minutos ou mais para resolver exercícios no celular, assistir aulas, ou até melhor ler alguma coisa. Se passar mal fazendo isso, apenas ouça alguma aula já gravada.


Entrando no trabalho às 08:00, ralando sem parar até as 12:00, esquente a sua comida, coma na sua mesa em 30 minutos, e utilize os outros 30 minutos para estudar. Olha aí: já temos 1 hora líquida no dia.


Você pode chegar em casa às 21:00, dar atenção à família, cuidar dos demais afazeres, e dormir com a consciência tranquila!


QUEM QUER FAZ, QUE NÃO QUER, RECLAMA, E PÕE A CULPA NO GOVERNO!


Já você, abastado, com a vida ajeitada, que não precisa passar por essa rotina extenuante vivida por milhões de brasileiros das classes baixa e média/baixa (e que mesmo assim conseguem estudar 1 hora por dia) deixe de ser FRACO, PARE DE CHORAR, e faça no mínimo 3 horas líquidas por dia: 30 minutos antes de ir para o trabalho, 30 minutos após o almoço, e mais 120 à noite.


Pior ainda se você está por conta de estudar e não cumpre que foi estabelecido. Você está enganando quem: você mesmo, ou pior ainda, seus pais, sua esposa, seu esposo? Você se sente bem fazendo isso? Está com a consciência tranquila?

Mas para tudo tem solução! Se você ainda não tem compromisso, comece a partir de agora!


Pensar em pequenos objetivos, como esse de cumprir horas semanais e mensais, vai lhe aliviar daquele sentimento de urgência. A paciência será uma aliada essencial em seu processo, se você dispõe de pouco tempo disponível.


O meu estudo sempre foi aproveitado com o melhor custo x benefício possível. Como sou engenheiro de formação, trabalho o aspecto cognitivo de forma prática, ou seja, racionalizando as minhas atividades.


Para mim, time is money, de forma direta ou indireta. E considero o meu tempo muito valioso para ser perdido. Ressaltando que perder tempo, para mim, pode ter um significado muito diferente do que o para você! Passar tempo com a família, praticar atividades físicas e esportes, viajar, ler um bom livro, NÃO É PERDER TEMPO. Para mim, isso é ganhar! Então, utilizar as minhas horas para essas atividades é uma excelente troca em relação aos estudos. Para mim, compensa. É um trade-off viável!


Mas ficar jogando conversa fora na hora do almoço, dormir mais do que 7 ou 8 horas ao dia, ir para o boteco beber um engradado de cerveja durante a semana, assistir 5 ou 6 novelas da Globo, ou a terceira divisão do campeonato goiano de futebol é sim perder tempo. Pelo menos na minha opinião!


EU NÃO ACREDITO QUE VOCÊ, PRECISANDO ESTUDAR, TENHO CORAGEM DE FAZER ISSO!!!


Hoje, aos 38 anos, mais maduro e experiente, eu não deixaria de praticar algo que me trouxesse retorno pessoal, físico, emocional ou financeiro, para praticar as atividades acima. Nunca!


Atividade de lazer, PARA MIM, não é isso acima. Se é para você, paciência, mas saiba que é melhor você partir para outra solução em sua vida, pois os concursos não são para ti!


Você pode não concordar comigo, pode me criticar, mas não concordo mesmo com elas. Eu fazia essas coisas quando eu era jovem, antes dos 22 anos, e mesmo assim me arrependo de não ter aproveitado melhor o meu tempo. Sempre conseguimos conciliar tudo em nossa vida.


A vida é muito curta, e o nosso tempo é muito precioso para ser perdido com inutilidades!


E pode ter certeza que pensam assim como eu, centenas de milhares de guerreiros que estão estudando hoje em dia, e que pegarão a sua vaga.


Estudar para concursos representa dinheiro. Sim, pois no momento que você se dispõe a estudar, não esta trabalhando e produzindo e, consequentemente, deixando de ganhar dinheiro. Além do mais, está gastando com material, cursos etc.


Tem algo mais sem sentido do que se propor a estudar e não conseguir cumprir as metas mínimas estipuladas?

Se você tem uma hora disponível, pois rala demais, estude essa uma hora TODOS OS DIAS!!!!


Se tem três horas, estude as três, e faça as 21 horas em média! PARA MIM, ESSE TEMPO É O MÍNIMO PARA SER APROVADO EM MÉDIO PRAZO (8 a 12 meses) EM UM CONCURSO BOM!


Se tem o dia todo, estude pelo menos 5 horas líquidas ao dia, e faça 35 horas na semana!!!


Após o edital, destrua! Mas sempre mantendo o equilíbrio para não surtar!

Fazendo isso, todos passarão! Uns mais rapidamente, outros menos, mas todos passarão!


Prof. Bruno Fracalossi

0 comentário