Crie a sua motivação interna!

Olá meus queridos!


A motivação é muito importante em um processo de estudo para concursos, principalmente nesse período em que vivemos.


Estar motivado é essencial para um estudo a longo prazo, principalmente.


Como acordar cedo para estudar, ou como chegar do trabalho cansado à noite e ainda ter que começar um terceiro turno no dia, sendo que você não tem nem certeza de que o seu concurso sairá, ou quando ele sairá?


Sei o quanto é difícil, e eu posso te dar conselhos sobre isso com bastante conhecimento de causa, pois eu vivi isso por anos e anos. O meu estudo sempre foi focado e de longo prazo, então eu tinha que me manter motivado de uma forma ou de outra.


A minha motivação, ainda bem, era natural, intrínseca, ou seja, fazia parte do meu íntimo ser aprovado nos concursos dos meus sonhos.


Porém, como não pode deixar de ser, e como é normal em todas as pessoas, eu tinha momentos de desânimo, às vezes semanas de incertezas e dúvidas sobre mim, e sobre o meu futuro.


Isso, infelizmente, acabou gerando um processo de transtorno de ansiedade, pois eu não tive a sabedoria de conciliar a minha vida com os meus estudos por um tempo, o que eu consegui visualizar de uma forma mais clara após um processo de terapia cognitiva.


Mas o ponto central desse nosso artigo é a possibilidade de você criar motivação para si nesse processo!


Você pode organizar prioridades em seu pensamento, ou até mesmo elencá-los em um papel (escrever os nossos pensamentos sempre traz mais efetividade e organização às nossas ideias).


O que te motiva a estudar? A estabilidade? A grana? A liberdade de horários? A compra da sua casa? O casamento próximo? Um carrão? A contribuição social?

Tanto faz! Cada pessoa tem aquilo que faz brilhar os olhos, e o que eu quero é que você internalize o que te faz brilhar os olhos a partir de hoje, e use isso ao começar os estudos de mais um dia.


O que me fazia brilhar os meus olhos quando eu trabalhava numa empresa de telecomunicações, que por sinal eu odiava, era a possibilidade de sair do meu emprego e principalmente de ter a minha casa própria.


E isso me motivava tanto que ontem eu lembrei de um dia em que eu saía do trabalho e o meu carro estava estacionado bem longe e, por incrível que pareça, estava chovendo granizo em Goiânia (acho que essa foi a única vez). A minha motivação de estudar e de prosperar era tão grande que eu enfrentei a chuva de granizo, levando umas pedradas na cabeça, rssss, somente para não perder o meu dia de estudos.


Eu preferia me molhar todo, levar uma chuva de pedra de gelo, do que ficar esperando a chuva passar e perder o meu tempo contado de estudos, o que poderia atrapalhar na conquista logo do meu objetivo.


Outra vez, quando faltou energia na minha casa, eu estudei em frente ao farol do meu carro para não perder os 30 minutos restantes da minha meta do dia.


São momentos de superação somente conseguidos pela motivação que me movia!


Naquela época, no ano de 2006, ou seja, tempos atrás, eu saía com a Clarissa (minha esposa atualmente) na sexta e no sábado à noite, do cinema ou de outros lugares que eu estivesse, e sempre ia dar uma volta ao redor do Condomínio Alphaville em Goiânia. Antes de ir para casa eu passava lá, e nós ficávamos uns 30 minutos circundando o condomínio e olhando as mansões, e sonhando em conseguir a nossa algum dia.


Eu tirei uma foto do condomínio na época, mandei revelar e a coloquei em um quadro, em frente ao meu local de estudos. Quanto eu estava muito desanimado, parava e ficava olhando aquela foto por uns 10 minutos. Sempre me fez pensar no meu objetivo final, e o quanto aquele estudo valeria a pena. Era essa a foto que me fazia caminhar:



Hoje, depois de tanto esforço, depois de tantas coisas que eu abri mão, finalmente estou construindo a minha casa.


No final, tudo valeu a pena demais!


Eu passei no concurso que eu queria!