Concurso INSS: mais de 22 mil cargos vagos!

Atualizado: Abr 28


Um dos certames mais aguardados pelos concurseiros sem dúvidas é o do Instituto Nacional do Seguro Social (Concurso INSS). Com mais de 22 mil postos vagos, sendo 19.857 para o cargo de técnico e 2.363 para o cargo de analista, a expectativa é que um novo concurso público seja realizado até 2022. Isso porque o Instituto realizou 8.230 contratações temporárias para atender em caráter emergencial. De acordo com a Assessoria de Comunicação do órgão, “O INSS, neste ano, trabalha no dimensionamento e planejamento de recursos humanos, que permitirá a programação de concursos a partir de 2022“.


A autarquia possui inúmeras pendências processuais e com a pandemia ocasionada pela COVID-19, as agências físicas foram fechadas a fim de evitar aglomerações nos postos de atendimento. De todo modo, alguns atendimentos continuaram de forma remota. Tal medida aumentou o número de pendências junto ao órgão.


Em virtude do aumento de pendências frente a carência de servidores, há uma grande expectativa de que um novo concurso seja lançado no ano de 2022. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do INSS. Haja vista que neste período, o contrato dos servidores selecionados através de processo seletivo simplificado findará.


A última solicitação de concurso foi realizada em 2019. Na oportunidade, foram solicitadas mais de 7 mil vagas para os cargos de Técnico, Analista e Perito Médico. Toda via, em virtude da situação fiscal do país, na época o Ministério da Economia decidiu pela inviabilidade de novos certames.


Remunerações, requisitos e atribuições dos cargos


Técnico


A remuneração inicial do cargo de técnico do INSS é de R$ 5.447,79. Tal remuneração é composta do vencimento básico R$ 712,61; Gratificação de Atividade Executiva (GAE) no valor de R$ 1.140,18; e da Gratificação de Atividade de Desempenho do Seguro Social (GDASS) no valor de R$ 3.595,00.


Para ingressar no cargo é necessário diploma de nível médio completo. As atribuições são:

  • Realizar atividades internas e externas relacionadas ao planejamento, à organização e à execução de tarefas de competências constitucionais e legais do INSS que não demandem formação profissional específica;

  • Coletar informações, executar pesquisas, levantamentos e controles, emitir relatórios e pareceres;

  • Exercer, mediante designação da autoridade competente, outras atividades relacionadas às finalidades institucionais do INSS.


Analista


O cargo de analista tem remuneração de R$ 8.357,07. O valor é composto pelo vencimento básico R$ 992,72; Gratificação de Atividade Executiva (GAE) no valor de R$ 1.588,35; e da Gratificação de Atividade de Desempenho do Seguro Social (GDASS) no valor de R$ 5.776,00.


A exigência para ingressar no cargo é ter diploma de conclusão de curso de nível superior de graduação em qualquer área de formação. As atribuições são:

  • Prestar atendimento e acompanhamento aos usuários dos serviços prestados pelo INSS nas Agências e aos seus servidores, aposentados e pensionistas;

  • Elaborar, executar, avaliar planos, programas e projetos na área de Serviço Social e Reabilitação Profissional;

  • Supervisionar e homologar os programas profissionais realizados por terceiros ou instituições conveniadas;

  • Realizar avaliação social para fins de concessão de direitos previdenciários e benefícios assistenciais;

  • Promover estudos sociais e socioeconômicos, pesquisa e levantamento de informações visando à emissão de parecer social para subsidiar o reconhecimento e a manutenção de direitos previdenciários e benefícios assistenciais, bem como à decisão médico pericial.


Os cargos de Analista no INSS podem abranger profissionais de diversas áreas. Em editais anteriores já foram ofertadas vagas das seguintes carreiras: Estatística, Ciências Contábeis, Direito, Administração, Engenharia Civil, Engenharia Mecânica, Engenharia Elétrica, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia com especialização em Segurança do Trabalho e Serviço Social.


Perito Médico do INSS


De acordo com a tabela de remuneração dos servidores federais, o salário do perito Médico do INSS é estabelecido conforme a carga horária. A remuneração é composta pelo vencimento básico mais a Gratificação de Desempenho de Atividade de Perícia Médica Previdenciária (GDAPMP). Para a carga horária de 20h a remuneração inicial é de R$ 6.498,84; para carga horária de 30h a remueração é de R$ 9.747,46, e por fim, para carga horária de 40 h o valor é de R$ 12.996,88.


Para ingressar no cargo de Perito Médico do INSS, é necessário possuir diploma de conclusão de curso de Graduação de Nível Superior em Medicina, fornecido por Instituição de Ensino Superior credenciada pelo MEC e registro regular no Conselho Regional de Medicina (CRM).


As atribuições do cargo são:

  • emissão de parecer conclusivo quanto à capacidade laboral para fins previdenciários;