Artigos
Prof Marlos Ferreira - Economia e Finanças Públicas imprimir

(06/10/2009): CONCURSO BACEN - CESGRANRIO


Olá, amigos e concurseiros de todo esse país continental!

A Fundação Cesgranrio será a organizadora do concurso do Banco Central (BC) para 500 vagas, sendo 150 de técnico e 350 de analista. Por meio de sua Assessoria de Imprensa, o banco informou que a instituição foi a escolhida e que já está ciente da decisão. A escolha aconteceu dentro do prazo estipulado no cronograma divulgado pelo BC (nesta primeira quinzena de outubro), o que reforça a expectativa do edital ser publicado na primeira quinzena de novembro, como também prevê o cronograma.

Com esse cenário posto, estamos diante de um novo desafio: elaborar um curso de questões comentadas da disciplina de Macroeconomia e Economia Brasileira, concentrado em questões da banca examinadora CESGRANRIO,que é uma banca mais “fácil” que a ESAF ou o CESPE e com um histórico de questões da disciplina mais reduzido.

O curso está formado por, notadamente, questões da CESGRANRIO, questões de treinamento avançado aplicadas em alguns cursinhos preparatórios, questões de outras bancas com a cara “CESGRANRIO”, questões de provas de seleção de universidades federais, de livros de autores examinadores de provas das bancas além de questões da ANPEC- Associação Nacional de Pós-Graduação em Economia.

O curso está estruturado em quatro aulas, assim distribuídas:

AULA TEMA

01 CONTAS NACIONAIS. SISTEMA DE CONTAS DO BRASIL. BALANÇO DE PAGAMENTOS. REGIME CAMBIAL E TAXA DE CÂMBIO.

02 MODELO KEYNESIANO: POLÍTICA ANTICÍCLICA DE CURTO PRAZO. A ECONOMIA NO LONGO PRAZO: PRODUTO POTENCIAL E PRODUTO EFETIVO. POLÍTICA FISCAL E SEUS INSTRUMENTOS.

03 AGREGADOS MONETÁRIOS, CRIAÇÃO E DESTRUIÇÃO DE MOEDA E MULTIPLICADOR MONETÁRIO. POUPANÇA, INVESTIMENTO E PAPEL DO SISTEMA FINANCEIRO. OBJETIVOS E INSTRUMENTOS DE POLÍTICA MONETÁRIA, REGIME DE METAS PARA A INFLAÇÃO. CURVA DE PHILLIPS, EXPECTATIVAS RACIONAIS E INFLAÇÃO.

04 MODELOS DE DETERMINAÇÃO DA RENDA EM ECONOMIAS FECHADA E ABERTA: IS-LM E MUNDELL-FLEMING. TÓPICOS DE ECONOMIA BRASILEIRA: II PND. A CRISE DA DÍVIDA EXTERNANA DÉCADA DE 1980. PLANOS HETERODOXOS DE ESTABILIZAÇÃO. O PLANO REAL E ECONOMIA BRASILEIRA PÓS ESTABILIZAÇÃO.

O CESGRANRIO tem alguns assuntos que são mais cobrados e, de certa forma, bastante superficial. Além disso, não tem priorizado assuntos diversos em uma mesma questão de sorte que existe clara concentração em alguns tópicos do edital como política monetária, balanço de pagamentos, agregados macroeconômicos e modelo IS-LM. O CESGRANRIO não costuma realizar uma verdadeira “salada” com os itens, misturando os mais diversos assuntos como é hábito do CESPE/UNB.

Segue abaixo uma listagem de questões dessa banca com os respectivos gabaritos. Serve como ilustração do que teremos no curso que começa no dia 27 de outubro e encerra dia 17 de novembro. As matrículas estão abertas no pontodosconcursos.com.br.



QUESTÕES CESGRANRIO

01 – ( CESGRANRIO/UFRJ-Economista/PETROBRAS – 2005) A demanda especulativa de moeda se relaciona negativamente com a taxa de juros porque:

a) quanto mais alta a taxa de juros, maior é a perda de capital potencial esperada dos títulos.

b) quanto mais elevada a taxa de juros, maior é o custo de oportunidade do investimento em moeda.

c) quanto mais elevada a taxa de juros, maior é o custo de oportunidade do investimento em títulos.

d) quanto mais baixa a taxa de juros, maior é a perda de capital potencial da moeda.

e) quanto mais baixa a taxa de juros, maior é o incentivo para se investir em títulos.







02-( CESGRANRIO/Economista-Petrobras-2005) Os fatores que determinam a eficácia da política fiscal no modelo IS-LM são a(o):

a) potência da política monetária e o tamanho do multiplicador dos gastos autônomos.

b) elasticidade da demanda de moeda em relação à taxa de câmbio e a elasticidade do investimento em relação à taxa de juros.

c) tamanho do gasto público e o tamanho do multiplicador.

d) multiplicador dos gastos autônomos e o tamanho da armadilha da liquidez.

e) multiplicador dos gastos autônomos, a elasticidade do investimento em relação à taxa de juros e a elasticidade da demanda de moeda em relação à taxa de juros.





03 – (CESGRANRIO/Economista-PETROBRAS-2005) Um país produz um único bem final, o pão, que é consumido por seus habitantes. O processo de produção do pão é descrito a seguir.

Produto Valor do produto Insumos Valor Adicionado

Trigo 10 0 10

Farinha 15 10 5

Pão 20 15 5

Neste caso, o valor adicionado e o valor bruto da produção são, respectivamente, iguais a:

a) 5 e 20

b) 20 e 20

c) 20 e 5

d) 20 e 45

e) 45 e 20



04- (CESGRANRIO/BNDES/2008) Os residentes de certo país recebem liquidamente renda do exterior. Então, necessariamente,

a) o país tem déficit no balanço comercial.

b) o país está atraindo investimentos externos.

c) o PNB do país é maior que seu PIB.

d) a taxa de juros doméstica está muito baixa.

e) ocorrerá uma valorização da taxa de câmbio.







05-(CESGRANRIO/INEA/2008) O PIB e o PNB são medidas do produto agregado da economia de um país. Uma comparação que se pode estabelecer entre elas é:

a) o PIB é sempre maior que o PNB.

b) o PIB se mede em reais e o PNB, em dólares, no Brasil.

c) o PNB é maior que o PIB se a renda líquida recebida do exterior for positiva.

d) o PNB é maior que o PIB se as reservas em divisas internacionais no Banco Central aumentarem.

e) o PNB é maior que o PIB se o balanço comercial for superavitário.







06-(CESGRANRIO/INEA/2008) Quando um país apresenta superávit no seu balanço comercial, certamente

a) a taxa de câmbio (preço da moeda estrangeira em moeda doméstica) se desvaloriza.

b) a taxa de juros aumenta.

c) o banco central do país acumula reservas.

d) o país apresenta superávit na conta corrente do balanço de pagamentos.

e) as exportações excedem as importações.



Gabarito:

01-B 02-E 03-D 04-C 05-C 06-E



Lembro aqui também que o curso de Economia e Finanças Públicas em questões comentadas para a Receita Federal pela ESAF tem início hoje dia 06 de outubro de 2009 e está com matrículas abertas.





***Livros de minha autoria que servem de base para os dois concursos:

· Economia para Concursos – 2a edição – Teoria – Ed. Campus

· Economia questões – Ed. Campus



Bons estudos e boa sorte!

Marlos

marlos@pontodosconcursos.com.br






Comentários

Todos os campos são obrigatórios

Máximo: 1000 caracteres


O seu comentário só será exibido após ter sido aprovado pelo autor do artigo.



 Voltar 1 2 3 5 6 7 8 9 10  Avançar


Ponto dos Concursos

Tels.: (61) 3328-5369, (61) 8426-9549
Edifício Brasília Shopping, 13º andar, sala 1316,
Asa Norte, Brasília, DF

CNPJ: 07.610.468/0001-47
curso@pontodosconcursos.com.br