Concurso TST - Edital até março!

Compartilhar:

 Concurso TST 

Mais uma excelente oportunidade para o ano de 2017 pode ser o Concurso TST. De acordo com informações obtidas no endereço eletrônico do Tribunal Superior do Trabalho, o órgão tem a intenção de realizar o seu concurso público de nível médio e superior, para os cargos de técnico e analista judiciário.

 

Concurso TST

A informação é do ministro Ives Gandra Martins Filho, presidente do TST, durante a sessão de encerramento do ano judiciário, realizada no dia 19 dezembro.

O Concurso TST deve oferecer oportunidades para Técnico Judiciário – Área Administrativa e Técnico Judiciário – Área de Segurança Judiciária, ambos com exigência de nível médio. Além disso, para a especialidade de Segurança será exigido a Carteira Nacional de Habilitação, categoria D ou E.

Já para nível superior as oportunidades são para Analista Judiciário – Área Judiciária (formação em Direito), Analista Judiciário – Área Administrativa e Analista Judiciário – Área de Taquigrafia (ambos exigem nível superior em qualquer área).

De acordo com a Lei 13.317, sancionada em junho de 2016, serão reajustados o salário-base e gratificação de atividade judiciária (GAJ). A remuneração base para Analista Judiciário, Áreas Judiciária, Administrativa e demais especialidades chegarão a R$ 11.007,00. Os aprovados ainda terão direito aos benefícios de auxílio-alimentação, saúde e natalidade, o que pode fazer o salário chegar a R$ 12.000,00.

Para o cargo de Técnico Judiciário a remuneração chega a R$ 6.709,00. Depois de acrescidos os benefícios o valor pode chegar a R$ 7.893,00.

>> Último Concurso TST

O último certame aconteceu em 2012 e foi organizado pela Fundação Carlos Chagas. Acesse AQUI o edital.

Foram ofertadas 37 vagas e cadastro reserva. As oportunidades para técnico foram nas áreas administrativa, segurança e programação. Já para analista judiciário foram ofertadas vagas nas áreas administrativa (1 vaga; nível superior em qualquer área), judiciária (2 vagas; graduação em Direito), Contabilidade (cadastro), Análise de Sistemas (cadastro), Suporte em Tecnologia da Informação (cadastro), Medicina do Trabalho (cadastro) e Taquigrafia (superior em qualquer área).

Os candidatos foram avaliados por prova de Conhecimentos Básicos e Específicos. Para o cargo de analista houve uma prova de redação, já para o cargo de técnico em Programação foi cobrado um estudo de caso.

A validade do certame venceu em outubro de 2016.

Lançaremos vários cursos para este certame.

Bons estudos!

Equipe Ponto dos Concursos

Publicado: 23 de fevereiro de 2017.
Compartilhar: