Entrevistas

Jarbas Vilas Boas


Hoje vamos conhecer a história do jovem Jarbas Vilas Boas, 21 anos, aprovado em 10º lugar no concurso do IBGE para o cargo de Técnico em Informações Geográticas e Estatísticas.

Ponto: Desde que começou a estudar você prestou quantos concursos? Essa foi a sua primeira aprovação?

Jarbas: Eu comecei a prestar concurso aos 16 anos, foram 1 concurso municipal, 2 estaduais, e 3 federais (IBGE, ATA/MF e MPU). Minha primeira aprovação foi no concurso municipal, em 2015, que foi anulado por fraudes.

Ponto: Como você conheceu o Ponto dos Concursos e o que motivou sua decisão de fazer o curso “O pulo do gato”?

Jarbas: Eu tive a oportunidade de estagiar no Ministério Público Federal aos 16 anos e pude criar um network com servidores federais recém-ingressos no órgão, e muitos deles, estudaram entre outros materiais, com o conteúdo do Ponto dos Concursos. Eu, portanto, decidi conhecer o Ponto dos Concursos, a didática com que o conteúdo é exposto dos PDFs ao vídeo me cativou. Os professores aliam o conteúdo técnico de forma geral, dando foco em pontos que tem maiores chances de cair e que também tendem a ser de maior dificuldade na compreensão.

Vale ressaltar que eu compreendi a língua portuguesa com o auxílio da prof. Junia Andrade: pela primeira vez me senti convidado e estimulado a me apaixonar pelo Português, que é a porta de entrada pra qualquer prova feita hoje em dia, de vestibulares a concursos.

Ponto: Muitas pessoas acham que conseguir a aprovação em um concurso público federal concorrido como o do IBGE, só é possível com muitos anos de estudo e dedicação. O que você tem a dizer sobre isso? Como foi sua preparação nesse sentido?

Jarbas: Eu comecei a estudar em novembro/2015. Eu trabalhava 8 horas por dia, de forma que minhas horas de estudos variavam entre 2 e 3 horas diárias. Foi assim até o início do mês de março. Com todo o conteúdo em mãos, impresso, e o curso do Pulo do Gato, reverti as horas de trabalho em horas de estudo, dentro dos 40 dias que me restavam até a prova, e meu rendimento passou pra aproximadamente 10 horas diárias. Ou seja, não é preciso anos de preparação com 10 horas exaustas de estudo todos os dias. É preciso FOCO, CONTEÚDO DE QUALIDADE E ADMINISTRAÇÃO DO TEMPO.

Como eu disse, é preciso abrir mão de algumas coisas pra ter um bom rendimento nos estudos. Porém, ocasionalmente, tire uma manhã, uma tarde, ou um domingo, e faça aquilo que gosta: Faça um passeio, toque violão, ouça músicas, se reúna com os amigos, enfim , faça algo que te faça esquecer completamente da sua rotina de estudos. Isso alivia o seu cansaço, o stress, a mente. No mais, busque motivações, gente que te coloque pra cima, que aposte em você, coisas que te façam acreditar que você pode... O salário do cargo ajuda também (rsrsrs)... O conteúdo do Ponto é recheado de trechos motivacionais. :)

Ponto: Esse era seu objetivo final ou ainda pretende tentar novos concursos?

Jarbas: O IBGE não era o meu objetivo final, mas apenas o primeiro. O conteúdo programático é relativamente simples, porém vale pra todos os inscritos, que no meu caso foram 14.710 pessoas disputando 10 vagas. Mas, eu sempre disse que só precisava de uma. A minha próxima meta é ainda um "tiro no escuro", que é o concurso pro Senado Federal. Estou entrando nesse universo agora, conhecendo o edital, concorrência, conteúdos, enfim, eu ainda não sei que nível o certame vai me exigir. Mas isso ajuda de certa forma, pois eu ou me preparando ao máximo possível. E o Ponto dos Concursos será o meu aliado mais uma vez.

Ponto: Gostaria de deixar alguma dica para os concurseiros que continuam em busca da aprovação?

Jarbas: Minha primeira dica é acreditar em si mesmo quando mais ninguém acreditar. É preciso ter foco e desejar com todas as forças. O estado psicológico é crucial para sua preparação. Aquela lista enorme de conteúdos programáticos, aquele assunto que não entra na sua mente, a relação de candidatos/vaga, nada disso deve te abalar. Se apegue às suas crenças e esteja consciente de que tudo isso faz parte do processo e que você precisa enfrentar pra alcançar o seu objetivo.
Tente, provisoriamente, outros concursos com uma carga de conteúdo menor. Hoje em dia, quem exerce cargo público tem maior disponibilidade de tempo para os estudos.
No mais, invista em material de qualidade, administre bem o seu tempo, e se alie a pessoas entusiasmadas com concursos. Motivação nunca é demais!