Entrevistas

Ariane


Hoje vamos conhecer a história da Ariane, que foi recentemente aprovada em dois excelentes concursos: Delegada da Polícia Civil do Ceará e Técnico Judiciário – Área Administrativa do Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Sul.

A Ariane é uma guerreira! Não foi fácil conciliar a rotina de trabalho, estudo e, além disso, cuidar dos dois filhos, um de 8 e outro de 4 anos, mas ela seguiu em frente e alcançou as tão sonhadas aprovações!

Ponto - Ariane, conte um pouquinho da sua história. Como e quando você decidiu estudar para concursos públicos?

Ariane – Decidi estudar para concursos logo após me formar, e, como gostava muito da área trabalhista, estudava mais em torno de concursos para o TRT, mas era um estudo sem método, que não era muito proveitoso. Após 02 anos de formada comecei a trabalhar como assessora no Juizado Especial Criminal, o que me fez gostar muito do direito penal, então, decidi que iria iniciar novamente meus estudos, mas, desta vez, com foco para o cargo de Delegada da Polícia Civil. Foi aí que conheci o Prof. Bernardo Barbosa pelo Ponto dos Concursos, e o que me chamou atenção em relação a ele foi justamente o fato de ele ser Delegado. Isso nos fez ter muita afinidade.

 

Ponto - Você passou para dois concursos muito diferentes: um para polícia e outro para tribunal... Qual era o seu maior objetivo?

Ariane – Meu maior objetivo inicial era a carreira para o TRT, mas, como acabei conhecendo melhor o direito penal e me apaixonando, comecei a estudar para a Polícia Civil. E, por muita sorte, o Professor Bernardo apareceu no meu caminho.

 

Ponto - Com tantas atividades, trabalho, estudo, cuidando de dois filhos, quais foram os maiores desafios na sua preparação?

Ariane – Meu maior desafio foi ter que abdicar de muito tempo com os meus filhos e família. Porém, eu não tinha alternativa, pois trabalhava 8 horas diárias e no horário de folga me dedicava quase que integralmente aos estudos.

Sofri bastante no início com comentários de pessoas que não sabem e não têm ideia de como funciona a caminhada de um concurseiro. Acredito que muitos também passem por estas situações, somos julgados, ouvimos muitas piadinhas de mau gosto e lidar com isso não foi muito fácil.

No entanto, quando você recebe a notícia de que passou, a sensação é de que tudo valeu a pena!

 

Ponto - Você fez coaching no Ponto com o professor Bernardo Barbosa. Qual foi o papel do coaching na sua preparação?

Ariane – O papel do Coach foi um excelente ponto de partida para minha preparação. O Professor Bernardo me ensinou a trilhar meu caminho dentro de um método de estudo organizado, e conforme meus horários disponíveis. Me ajudou em muitos aspectos, sendo até meu “psicólogo” por diversas vezes, me orientando nas horas em que eu não conseguia conter as lágrimas - e olha que não foram poucas. Enfim, nos tornamos amigos e sou eternamente grata por ele ter se empenhado tanto em me ajudar. Tenho absoluta certeza de que um coach na preparação de um concurso faz toda a diferença; o concurseiro já sai lá na frente dos outros candidatos. É um diferencial que pode mudar o rumo da nossa vida.

 

Ponto - Você foi aprovada em dois grandes concursos. E agora? Acabou a vida de concurseira ou você ainda continua estudando para alcançar outro objetivo?

Ariane – A vida de concurseira não acabou não; ainda continuo firmemente estudando, mas agora é para a Magistratura. Enquanto não sai a nomeação, me preparo pra um cargo ainda melhor. Tenho certeza de que Deus vai me conceder essa bênção.

 

Ponto - Quais conselhos você deixaria para os que ainda estão na luta em busca de uma vaga no serviço público?

Ariane – O que aprendi nestes 02 anos de concurseira é que devemos ter muita DISCIPLINA, encarar os horários de estudos como se fossem um dia de trabalho, ou seja, com hora pra iniciar e hora pra acabar, jamais perder o FOCO, porque sem foco ninguém vai a lugar algum, e muita FÉ em Deus! Nos momentos difíceis que passei enquanto estudava, rezava muito e pedia a Deus que me desse força para conseguir aguentar tudo o que eu estava passando. Mesmo com as dificuldades, jamais pensei em desistir. Uma coisa que só fui aprender depois de um ano de estudo, foi que não podemos esquecer que o tempo de descanso também é muito importante durante a preparação! No início, eu achava que tinha que estudar muito e sem parar. Lembro que o Professor Bernardo sempre frisava pra mim “descanse menina”, mas, cabeça dura que sou, demorei um pouco pra entender que todo ser humano precisa de descanso. Depois que me organizei e comecei a ter momentos de descanso, meu rendimento passou a ser melhor.

As dificuldades que apareciam me tornavam cada vez mais forte! Todo o esforço foi por um sonho que graças ao bom Pai estou realizando e tenho certeza de que vou conseguir muito mais.

Agora vamos conversar um pouco com o Coach Bernardo Barbosa sobre a preparação da Ariane.

Ponto – Professor, a Ariane disse que o fato de você ser Delegado influenciou na sua escolha como Coach e fez com que surgisse uma grande empatia. Como foi auxiliar a Ariane nessa preparação para a conquista da aprovação para o cargo de Delegada?

Bernardo Barbosa - A Ariane se matriculou em uma turma de Coaching específica para o concurso de Delegado, como ela já tinha o interesse inicial para a essa carreira o fato de eu exercer o cargo de Delegado de Polícia Federal é um fator que estimula alguns alunos em razão da minha experiência de mais de 10 anos nessa atividade. No entanto, as turmas de Coaching conduzidas por mim não se restringem ao cargo de Delegado. Na turma do Coaching para Carreiras Jurídicas trabalho a preparação para o cargo específico pretendido pelo aluno (Juiz, Promotor, Defensor, Delegado, AGU etc.) com resultados positivos também para essas outras carreiras, como no caso do André Ricardo Nery que foi aprovado para o cargo de Defensor Público de MG no ano passado (2015). Trabalhar com a Ariane foi um enorme prazer, pois trata-se de uma pessoa com muita força de vontade e determinação. Mas isso não quer dizer que não tenhamos enfrentado muitos obstáculos pelo caminho. Pelo contrário! Ariane além de trabalhar como servidora da Justiça no RS, ainda tinha de cuidar dos dois filhos, das tarefas domésticas, enfrentar questionamentos quanto se estava fazendo a coisa certa etc... Ela teve seus momentos de desânimo, de angústia, de nervosismo. No Coaching procuramos trabalhar também essa parte do equilíbrio emocional, da motivação, além das técnicas de estudo. E todo concurseiro tem de entender que isso faz parte do processo! Ninguém chega ao topo da montanha sem antes enfrentar e superar seus medos, suas próprias limitações. Mas devemos sempre levantar e seguir adiante! E foi isso que Ariane procurou fazer o tempo todo.

 

Ponto - Quais foram os maiores desafios na preparação da Ariane? Quais os pontos que tiveram que ser mais trabalhados?

Bernardo Barbosa – Alguns alunos podem pensar que a pessoa com muita determinação e força de vontade já tem mais de meio caminho andado para a aprovação, mas isso não é verdade. Muitas vezes o excesso de vontade de raça atrapalha ao invés de ajudar. E esse foi o caso específico da Ariane! rsrs. Ela na sua obstinação para ser aprovada logo chegava a estudar horas e horas dormindo muito pouco ou quase nada! E isso fazia com que o rendimento fosse cada vez menor. É como o atleta que exagera nos treinos de peso, sem respeitar os períodos de descanso e a alimentação controlada. Ao invés de ganhar massa muscular ele começa a catabolizar, perdendo cada vez mais massa magra. Diante desse quadro eu praticamente tive de redesenhar toda a rotina da Ariane! rs Passei a estipular os horários de estudo, de lazer, de atenção à família e principalmente de descanso com um mínimo de horas de sono diárias que ela tinha de cumprir rs Com isso e a utilização das técnicas de estudo adequadas, acompanhamento contínuo através das planilhas por mim desenvolvidas ela foi se sentindo mais disposta e percebeu que a rentenção do conhecimento estudado passou a ser muito mais eficiente, apesar de estar estudando menos horas do que estava acostumada, antes de iniciar o Coaching. Após o treinamento do Coaching, ela continuou a por em prática a rotina de estudo que desenvolvemos juntos e os resultados começaram a aparecer. Chegou muito perto de ser aprovada para a prova de Delegado da PC TO, em seguida foi aprovada para Delegada da PC CE e mais recentemente para Técnica do TRT RS. Um sucesso!

 

Ponto – Gostaria de deixar alguma mensagem para a Ariane?

Bernardo Barbosa - Ariane é uma guerreira, uma pessoa fantástica que luta para transformar seus sonhos em realidade. É alguém que não vê nas dificuldades do caminho, ou na falta de apoio, desculpas para não lutar, mas sim um estímulo para, mesmo quando se sente abatida, levantar e seguir adiante. Ela entendeu que concurso público não é corrida de 100m, mas sim uma maratona, e segue pondo em prática o que desenvolvemos juntos na sua contínua preparação para tornar outros sonhos realidade. Desejo muita saúde e muitas vitórias a essa querida aluna e amiga e que outros alunos mirem-se no exemplo dela, do André e de tantos outros. É possível SIM para você também conseguir a sua vitória. Basta comprometimento, dedicação e estudar da forma correta e eficiente.