Entrevistas

André Ricardo Nery


Aprovado para Analista Processual do MP-RJ e Defensor Público em MG

Aos 37 anos, casado, e à espera de seu primeiro filho, o André Ricardo Nery é carioca de Petrópolis e este ano teve sua tão sonhada aprovação. De acordo com ele, a luta por uma vaga no serviço público começou em 2004, no entanto, teve que abandonar em 2009, por ter começado a trabalhar em um escritório de advocacia. Nesse período, ele já tinha conseguido chegar a uma prova oral para Delegado de Polícia de MG e obtido classificação na Magistratura do RJ e Defensoria Pública do RJ.

Retornou aos estudos em 2010, mas resume sua aprovação em duas fases: antes e depois do coaching. “Somente em 2012, após conhecer o professor Bernardo Barbosa, é que posso, de fato, dizer que realmente estudei para concursos públicos. Ocupo cargo comissionado no Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. No entanto, também fui aprovado no concurso de analista do mesmo órgão, aguardando convocação.  No concurso da Defensoria Pública, de um total de 136 aprovados, obtive a 49ª colocação”, contou André.

Confira abaixo a entrevista completa: 

Ponto dos Concursos - André, o que o motivou na escolha do Coach Bernardo Barbosa? 

André Nery - Basicamente foi a busca por um auxílio especializado, que pudesse me ajudar após anos e anos de dedicação aos estudos com poucos resultados positivos. Até então, o auxílio do coaching era pouco conhecido no meio jurídico, pelo menos para mim. E a proposta do professor Bernardo me agradou muito, especialmente pelo fato de aplicar o mesmo método no qual o fez ser aprovado no concurso da Polícia Federal, em que conseguiu alcançar as primeiras posições para o cargo de Delegado.

Ponto dos Concursos - Quais foram os maiores diferenciais que sentiu após a preparação com auxílio do coaching?

André Nery - Inicialmente, posso dizer com toda segurança que, se o professor Bernardo Barbosa não tivesse me auxiliado, não teria conseguido ser aprovado no concurso da Defensoria Pública e em fases avançadas de diversos outros concursos que fiz ao longo dessa caminhada. Na fase inicial de preparação para concursos de grande porte  ?  como Procuradorias, Ministério Público, Defensorias, Magistratura e Delegado de Polícia Federal  ? , tive sérios problemas com organização do material e do meu quadro de horários. Como estudar? Como dividir o horário e montar um quadro de estudos? O que é mais importante? O que as bancas pedem? Letra de lei, doutrina ou jurisprudência? Há tempo de estudar as três fontes? Inúmeras questões que o concursando não dá muita atenção ou não percebe onde e o quê está errando. Ou melhor, descobre na prática quando vê o seu resultado publicado.

A partir da análise da minha rotina diária de estudos, o professor Bernardo montou uma planilha extremamente detalhada, com metas e resultados obtidos, o que me auxiliou na verificação dos meus erros, fazendo com que corrigisse algumas deficiências, levando-me a alcançar êxito em curto espaço de tempo.

Ponto dos Concursos - Como resume seu método de estudos antes e depois do Coaching?

André Nery - Meu método de estudos antes do coaching com o professor Bernardo era bem desorganizado. Não tinha a menor ideia de quais as matérias em que tinha mais deficiência, não tinha o hábito de resolver questões, utilizava diversas fontes para o mesmo assunto e não conseguia identificar o motivo pelo qual não conseguia aprovação para outras fases dos certames.

Posteriormente, com a aplicação da técnica personalizada de preparação do professor Bernardo, consegui, em tempo relativamente curto, me organizar, equilibrar as fontes de estudos e alcançar resultados expressivos.

Ao longo da preparação, alguns detalhes foram essenciais para a aprovação. A pronta disposição do professor Bernardo para responder qualquer dúvida foi um diferencial. Mesmo quando não conseguia responder de imediato, em razão de suas diversas tarefas devido ao cargo que ocupa (flagrantes, missões, etc), o professor sempre procurou atender as demandas do aluno quando possível, de forma a não comprometer o trabalho desenvolvido. A sua dedicação, auxílio, acompanhamento e a sua percepção do que precisava melhorar foram aspectos essenciais da conquista. Orientou-me durante toda a preparação, analisando a planilha e adaptando-a de acordo com a minha evolução. Com isso, pude ver, de forma absolutamente científica, quais eram meus erros e acertos.

Não posso deixar de destacar que a organização é essencial para a obtenção de bons resultados. E nesse ponto a planilha criada pelo professor Bernardo é de grande valia, pois, se seguida, isso faz com que o candidato acompanhe seu progresso diariamente. Além disso, foi fundamental a resolução de exercícios em sites e livros especializados e a inserção na planilha do índice de erros e acertos.

Imediatamente comecei a colher os frutos dessa preparação com acompanhamento profissional, incrementando o estudo nas matérias em que tinha dificuldades e obtendo inúmeras aprovações nas fases objetivas de vários concursos. De 2012 até 2015 passei para as fases específicas dos seguintes concursos: Magistratura - RJ (duas vezes, sendo reprovado em uma das vezes na prova de sentença); Magistratura do Paraná (duas vezes, reprovado em uma delas na prova de sentença penal); Magistratura de São Paulo (duas vezes, também ficando reprovado em uma das vezes na prova de sentença penal), Ministério Público do Estado de São Paulo (reprovado na prova oral) e, finalmente, aprovação no VII Concurso Público para a carreira de Defensor Público do Estado de Minas Gerais.

Então, nem é preciso falar o quanto o professor Bernardo me ajudou. Como dito, sem a sua ajuda, tenho certeza absoluta de que não seria possível tamanha conquista.

Ponto dos Concursos - Quais eram as maiores dificuldades em sua preparação? Como o coaching o ajudou a superar? 

André Nery - Acredito que a minha maior dificuldade foi no que diz respeito à organização do método de estudos. Eu tinha lido vários livros de cada matéria, feito os melhores cursos, mas mesmo assim não conseguia passar.  Como destacado, a prova objetiva exige do candidato um amplo conhecimento e memória apurada, o que, no meu caso, só foi possível com o auxílio do professor Bernardo, que organizou a planilha contendo a divisão das matérias ponto a ponto e, posteriormente, analisando meu desempenho nos exercícios propostos. Tenho certeza de que a dedicação e auxílio de profissional gabaritado foram peças essenciais na minha aprovação.

Ponto dos Concursos - Gostaria de deixar alguma dica para quem continua se preparando em busca da aprovação? 

André Nery - Apesar de ser um clichê nessas horas, o que posse dizer é: Não desista. Porém, tão somente “não desistir” já não basta nesse universo cada vez mais competitivo dos concursos.

Assim, o acompanhamento do Coaching faz grande diferença na preparação, notadamente quando se trata de uma das pessoas mais gabaritadas e competentes que já conheci. Confie no Coaching e siga suas instruções, pois, no final, o resultado certamente virá.

Boa sorte a todos.

 

Equipe Ponto dos Concursos.