Prof. Gabriela Knoblauch

06/07/2013 | 14:39
Compartilhar

Limpe sua vida! É hora da FAXINA!

Oi, amigos.

 

Gostaria de agradecer aos que me escreveram falando sobre meu artigo anterior (Autossabotagem: É o seu caso?).  É muito gratificante o retorno de vocês. Fico imensamente feliz em saber que estou conseguindo ajudá-los.

Sempre converso bastante com vocês por email e percebo que quase todo mundo tem algum problema de ordem pessoal que atrapalha (e muito!) a vida não apenas concursística, mas como um todo.

Sendo assim, eu – com base em experiências pessoais, bate-papo com alunos e na mais pura e simples observação – venho por meio deste dar pitaco em vossas vidas...rs

Vamos falar hoje da tão necessária e ao mesmo tempo tão adiada FAXINA. Isso mesmo, limpeza... mas limpeza da vida de vocês.

Há 03 grupos de relacionamentos que nos são caros: família, amigos e parceiro amoroso. O que fazer quando essas pessoas mais atrapalham do que ajudam?

FAMÍLIA

Quando a gente tem apoio familiar TUDO fica mais fácil. O apoio pode ser moral, financeiro ou ambos.

Quem mora com os pais sabe que a comidinha da mãe é providencial para conseguir ter forças para fechar o cronograma do dia, não é mesmo? O colo dela, do pai, do irmão ou da tia também quebra um galhão naqueles dias em que tudo parece negro e sem esperança.

E se os pais podem te dar uma forcinha financeira? Nossa! Sonho de qualquer concurseiro.

Mas e quando a pessoa não dá essa sorte? Bom, você tem 2 caminhos:

1.   Sente na frente da TV e sinta bastante pena de você mesmo enquanto toma um pote de sorvete e reclama até do sol brilhando lá fora. Em seguida, deixe os anos e as oportunidades passarem. Assim, daqui um tempo, você terá motivos DE VERDADE para ficar de mal com a vida.

2.   Tome alguma providência e aumente as suas chances de um futuro melhor.

Confesse. A escolha é óbvia. Contudo, na prática, a maioria executa a primeira opção. Vai entender!

Seu pai e sua mãe não te entendem? Seu tio te acha um fracasso pois você fica em casa estudando e não tem um carrão da moda porque gasta tudo em livros e cursos? Seu irmão mais novo te pentelha? Tem parente que jura que você tem algum problema de aprendizagem porque você “vive estudando e nunca passa” ? BIENVENIDO AO MUNDO REAL!!! Acredite: seu caso está LOOONGE de ser o único. Ainda bem que “família Doriana” não é pré-requisito para passar. Esforço é!

Tenha paciência, explique mil vezes suas razões e drible os conflitos. Se nada adiantar, acredite em você. Quando você passar, eles também vão acreditar.

AMIGOS

Sabem aqueles amigos não tão amigos? Aqueles que quanto você mencionou seu projeto de estudar para concursos desdenharam de seus sonhos e tentaram dissuadi-lo dessa “ideia louca” ? Aqueles que nunca perdem a chance de mandar o manjado “E aí, já passou” ? E aquele chegado seu que conta vantagem de seu emprego mas que na verdade queria ter sua coragem de estudar?

Humildemente sugiro que os mantenha em suas vidas apenas se conseguirem responder SIM a pelo menos um dos itens abaixo:

*      Essa pessoa me torna alguém melhor?

*      Essa pessoa me deixa feliz?

*      Essa criatura, afinal de contas, soma em alguma coisa?

Ah... não soma, não? Corte de sua vida sem pena, nem dó. Garanto que não fará falta alguma.

Quando digo para tirarem alguém de suas vidas, entendam como criar uma “distância saudável” daquela pessoa. Não significa confrontá-la, nem ao menos comunicá-la de sua decisão. Isso só geraria dor de cabeça. Apenas se DESINVISTA EMOCIONALMENTE da pessoa. Não fique perto dela e – se não tiver jeito – não internalize seus comentários maldosos disfarçados de “preocupação de amigo”.

 

 RELACIONAMENTO AMOROSO

 Você é um concurseiro (a) apaixonado (a). Seria lindo se seu par não:

1.   te fizesse sentir culpa toda vez que você explica que vai passar o sábado estudando.

2.   falasse para todo mundo que está cansado (a) de perder baladas por sua causa.

3.   ficasse secretamente (ou não tão secretamente) feliz quando você não passa. Assim, ele (a) continuaria se sentindo melhor do que você.

4.   reclamasse que você deveria ganhar X ou Y, assim como Fulano (a) de Tal.

5.   dissesse que você não tem chances de passar porque “concurso é tudo marmelada” ou “tem muita gente mais inteligente do que você estudando”.

6.   cobrasse MUITO MAIS do que você pode dar no momento.

7.   inventasse tantas picuinhas para brigar o tempo todo.

8. sabotasse toda prova que você tenta com brigas homéricas BEM NA VÉSPERA DO CERTAME.

 

Não me entendam mal. Ter alguém especial é a maior injeção de ânimo que eu conheço. O que quero dizer é que você precisa ser sincero (a) consigo mesmo (a) quanto à qualidade do seu relacionamento.

Tem gente muito legal e compreensiva no mundo, que te amará e te apoiará em seus projetos. Isso sim é relacionamento amoroso. O resto... bom, é resto mesmo.

 

Tirem um tempinho para analisar essas três esferas de relacionamentos e livrem-se das influências negativas. Aviso: isso pode demandar muita coragem da sua parte. Afinal, tem gente que está na nossa vida há tanto tempo que acaba por gerar em nós acomodação ou até mesmo medo de abrir mão deles.

Fiquem perto dos que te querem verdadeiramente bem. Isso vai tornar sua vida bem mais fácil e feliz. De quebra, tornará seu caminho até o sucesso muito menos tortuoso.

Gente, por hoje é só. No próximo artigo conversarei com vocês sobre MAUS HÁBITOS dos quais precisamos nos livrar para tornar a jornada mais leve.

 

Aproveito o espaço para falar dos meus 2 cursos de COACHING.

 

Para os iniciantes e perdidos em geral: COACHING BÁSICO

http://www.pontodosconcursos.com.br/cursos/produtos_descricao.asp?desc=n&lang=pt_BR&codigo_produto=5853

 

Para os que precisam de apoio em inglês: COACHING TEMÁTICO

http://www.pontodosconcursos.com.br/cursos/produtos_descricao.asp?desc=n&lang=pt_BR&codigo_produto=5613

 

Como sempre digo, podem me escrever que respondo a todos.

 

Um grande abraço,

Gabriela

gabriela@pontodosconcursos.com.br

 

 


 

 


Comentários

  • 06/07/2013 - Mirla
    Artigo perfeito! O que mais me incomoda são as pessoas que perguntam o que eu estou fazendo da vida e quando respondo que estou estudando pra concurso, são poucas as que me apóiam. A maioria faz cara de reprovação mas tenho certeza de que elas gostariam de estar no meu lugar.
  • 07/07/2013 - Prof Gabriela Knoblauch
    Que bom que gostou, Mirla. Não se deixe abater pelos comentários maldosos. Bons estudos!
Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: