Prof. Vinicius Ribeiro

20/03/2013 | 09:40
Compartilhar

O foco pode atrapalhar!!???

Olá pessoal, tudo bem? Estranho esse título do meu artigo, não é? Calma que eu explico.

Sempre gosto de conversar com pessoas que estão estudando, para saber como está sendo a preparação: qual é o objetivo que o estudante possui, quais são os resultados até então alcançados, de que modo o candidato estuda, etc.

Quando o assunto é foco, é muito comum ver os postulantes a cargo público que não vivem em Brasília objetivarem os concursos mais famosos. E quais são esses certames? Receita Federal, Polícia Federal, concursos para juiz e procurador (exclusivo para graduados em Direito), e por aí vai.

Esse foco dos "forasteiros" ocorre muito em virtude do desconhecimento da existência de outros excelentes cargos. A mídia não especializada raramente divulga concursos para as carreiras na Câmara dos Deputados, no Senado Federal, no TCU, ou para as carreiras do ciclo de gestão (APO e Gestor do Mpog, CGU, STN, ACE do Mdic e IPEA) e do núcleo financeiro (Bacen, CVM e Susep).

E qual é o problema do foco? Excesso de pressão. Quando o estudante coloca na cabeça que ele quer ser auditor da Receita Federal e somente isso, a carga de pressão que ele cobra sobre si no momento que sai o edital até o dia da prova (inclusive) é enorme.

Isso normalmente atrapalha e retarda o alcance do objetivo traçado. É muito comum vermos pessoas que estudam a 5 anos para Receita, 5 anos para juiz. Essas pessoas ainda não ocupam nenhum cargo na Administração Pública. Isso não é bom!!

A maioria dos aprovados nos melhores concursos já estava em outra carreira no serviço público. Há um tempo atrás, o professor Vicente Paulo publicou neste espaço um artigo sobre o concurso ponte: aquele concurso que você faz que não é o seu objetivo, mas que ajuda a cumpri-lo. Veja em: http://cursos.pontodosconcursos.com.br/artigos2.asp?art=7414&prof=%20Prof%20Vicente%20Paulo&foto=vicente&disc=Direito%20Constitucional


Essa é a ideia que eu quero passar a vocês. O foco é importante? Lógico. Mas não fiquem presos a ele. Além de acelerar a sua aprovação, olhar com carinho para outras carreiras pode despertar novos focos.

Pense nisso: passar na Receita Federal é bom? Opa, é excelente. Mas a receita para passar na Receita Federal pode estar fora dela!!!

Abraço,

Professor Vinicius Ribeiro


Comentários

  • 20/03/2013 - Nilma
    Abin no Núcleo Financeiro? Não entendi.
  • 20/03/2013 - Prof Vinicius Ribeiro
    Olá Nilma. Obrigado pela observação. Já efetuei a correção. Abraço
  • 19/03/2013 - Eder A
    Apenas reforçando: respeito muito (obviamente) quem coloca como único objetivo um cargo como auditor da RF, e só estuda para isso. Todavia, concordo com o exposto pelo professor - além de viver isso na prática - no sentido de que é melhor o concurseiro entrar logo no serviço público. É muito mais leve estudar já sendo analista ou técnico, enfim, tendo uma boa renda (sim, a renda pode ser considerada boa... aqui em Fortaleza, por exemplo, não tenham dúvidas de que dois salários de agência reguladora permitem uma vida razoável para um casal). Daí, se for o caso, a busca pelo próximo objetivo fica bem mais fácil. É o que eu aconselharia.
  • 18/03/2013 - Murilo Xavier
    Muito legal o artigo, faz sentido.
  • 18/03/2013 - IGOR MARTINS
    Muito bom!!!Eu passei a pensar dessa forma quando um grande professor comentou sobre isso em um outro curso preparatório. Esse artigo parece a minha realidade. Excelente!!! Hj estudo mais tranquilo exercendo o cargo de Analista Judiciário da JF que é muito bom tbm. Forte abraço a tds...
  • 18/03/2013 - Luiz Branco
    Excelente artigo professor!! Abs
  • 18/03/2013 - Eder A
    Penso por aí também. Eu e minha esposa trabalhamos em uma agência reguladora. É possível pagar as nossas contas tranquilamente (considerando, é claro, que levamos uma vida equilibrada), o que já tira aquela pressão toda... A diferença em relação a muitos, digamos, é que não penso em ser auditor da Receita Federal, nem em qualquer carreira jurídica (não sou formado em Direito). Estou como excedente tanto na CD, quanto no SF. Sendo chamado, acabou rsrs (enquanto isso, estudando para Consultor da CD).
  • 18/03/2013 - Renaldo
    Professor, excelente artigo!
Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: