Prof. Bruno Fracalossi

03/02/2013 | 16:12
Compartilhar

Dicas do Fracalossi VI - Como estudar sem edital publicado?

Olá meus amigos de batalha, tudo em paz?

Atendendo a alguns pedidos, hoje eu falarei sobre como manter a motivação e conseguir estudar sem edital publicado.

É bem complicado você ter sangue frio e se manter focado em um certame sem perspectivas de publicação de edital. Mas há vários períodos assim. Geralmente, os melhores concursos federais, com poucas exceções, saem todos juntos, dificultando as nossas escolhas.

Quem nunca passou pela situação de ficar estudando um grande período sem edital, e quando sai um, saem todos, rsss! É pra ficar doido né!

Conforme minha experiência com estudos, já reparei que os editais dos principais concursos do Poder Executivo Federal, e que possuem maior número de vagas e mais gente focada, como Receita e Polícia Federal, AFT, CGU, STN, MDIC, MPOG, BACEN, SUSEP e CVM saem no segundo e terceiro ano de mandato de um governo.

Sempre é assim: no primeiro ano e no 2º semestre do último ano de governo, os editais desaparecem. Nesse período, muitos concurseiros desistem de estudar. Eu digo a vocês que esse período sem concursos (como aconteceu no 2º semestre de 2010 e em todo o 2011, e como deve ocorrer no 2º semetre de 2014 e em 2015) define muitos dos futuros aprovados. Quem continua firme nesse período, e consegue consolidar as matérias da espinha dorsal da sua área foco, aproveita todos os editais parecidos quando eles saem todos juntos.

Como fazer então, professor?

Não desanime! É um momento muito difícil. Você vai ser cobrado de todos os lados. Muitos vão falar para você desistir! Que a máquina pública está inchada! Que os concursos vão acabar! Que o Brasil vai virar uma Grécia e que todos os servidores serão mandados embora! Que o país não consegue pagar esse monte de sanguessuga! Que você deve procurar emprego em vez de perder tempo estudando, e blá, blá, blá!

Não dê ouvidos! A maioria dessas pessoas está, na verdade, tentando te desanimar, porque está preocupadíssima com o fato de que você tem grandes chances de passar em um concurso top, e ela vai ficar na mesma! Existem 10 milhões de pessoas prestando concursos públicos hoje no país. Quase todo mundo que eu e você conhecemos quer ser servidor público dessas carreiras, porque elas são muito boas. Você trabalhará em uma atividade interessante, necessária ao país, com boa remuneração e estabilidade. Que mal há nisso?

Use essa tentativa de desestabilização como motivação, meu amigo(a)! Internalize isso em força de estudo, porque nada disso que eu já ouvi inúmeras vezes vai acontecer. Sabe por quê? Porque as carreiras que eu citei acima são carreiras típicas de Estado, essenciais ao nosso país, e que sempre vão se manter no topo salarial, e sempre serão valorizadas pelo Governo!

Faça o seguinte: liste as matérias que formam a espinha dorsal da sua área-foco. Estude só elas. Mas estude com gosto de gás! Decore a teoria e resolva inúmeros exercícios. Faça seus resumos e revise-os. Quando acabar, comece tudo de novo.

Quando você achar que estiver muito bem nas matérias básicas do seu foco, vai surgir uma vozinha do mal na sua cabeça (brincadeira, hein pessoal, rsss!) sugerindo que você estude TODAS as matérias do edital anterior do concurso no qual você está focado. Não dê ouvidos a essa maldade! Não estude matérias esporádicas, que entram e saem no seu concurso-foco. Não compensa. Eu fiz isso quando estudava para o AFRFB de 2009 e me dei mal! Estudei Informática, Direito Internacional, Economia etc. Quando saiu o edital de 2009, mudou tudo.

Quem estudava somente as matérias básicas se deu bem, porque quando saiu o edital, já dominava a espinha-dorsal, e precisou estudar somente os conteúdos novos, sem ter perdido tempo com assuntos que saíram do concurso.

Então, caro aluno, quando você acabar de estudar a espinha-dorsal, comece a revisá-la. Não estude matéria esporádica, ok?

Vou citar exemplos de espinha-dorsal das principais áreas de concursos:

Área de Controle, Gestão e Econômica:

Concursos principais: CGU/TCU, STN, MPOG, BACEN, CVM, SUSEP.

Espinha-Dorsal - português, inglês, administração pública/ciência política, raciocínio lógico, direito constitucional, direito administrativo, economia, auditoria governamental, afo e contabilidade pública.

Área Fiscal:

Concursos principais: Auditor e Analista da RFB, Auditor dos Estados e Municípios.

Espinha-Dorsal: português, inglês, raciocínio lógico, administração pública, direito administrativo/constitucional/tributário e contabilidade.

Se o seu foco for Receita Federal, acrescente direito previdenciário e comércio internacional.

Se o seu foco for Receita Estadual e Municipal, acrescente legislação tributária.

Analista e Técnico Administrativo de Tribunais e MP´s:

Concursos principais: TST e TRT´s, TSE e TRE´s, STJ, STF, MPU e TJDFT.

Espinha-Dorsal: português, inglês, informática, direito constitucional, direito administrativo, administração geral/pública e afo.

Se o seu foco for TRE, acrescente direito eleitoral.

Se o seu foco for TRT, acrescente direito do trabalho.

Analista e Técnico Administrativo de Agências Reguladoras e correlatos:

Concursos principais: ANATEL, ANP, ANEEL, ANTT, ANTAQ, ANVISA, ANAC, ANA, ANCINE, PREVIC, DNPM.

Espinha-Dorsal: português, inglês, raciocínio lógico, direito constitucional, direito administrativo, administração geral/pública e afo.

Área policial:

Concursos principais: Agente e Escrivão das Polícias Federal e Civil, Agente da Polícia Rodoviária Federal.

Espinha-Dorsal: português, inglês, informática, raciocínio-lógico, direito penal e processual penal, direito civil, contabilidade, economia e administração.

Quando sair o edital do seu concurso, você somente revisará essas matérias, conseguindo uma pontuação excelente nelas, e garantindo a aprovação com o estudo das matérias novas após a publicação do edital do concurso.

Não citei aqui outros grandes concursos como os das áreas fins das AGÊNCIAS REGULADORAS e da ABIN, AFT, IPEA, DIPLOMATA, SENADO E CÂMARA porque eles são bem peculiares, e envolvem conteúdos específicos. Já o concurso de ACE/MDIC é uma mistura das áreas Fiscal e Econômica, apesar do cargo fazer parte do Ciclo de Gestão Federal.

Um grande abraço e até a próxima.

Prof. Bruno Fracalossi

brunofracalossi@pontodosconcursos.com.br


www.facebook.com/bruno.fracalossipaes









 


Comentários

  • 31/01/2013 - Juliana
    Bom post, boas dicas, prof., mas a pergunta se estudar em casa ou na biblioteca é melhor ñ foi respondida. :-( Eu até já tentei estudar em biblioteca, mas ñ rendo mto pq eu me distraio com as pessoas saindo e entrando.
  • 31/01/2013 - Nadege Souza
    mProfessor, muito obrigada pelo artigo. Eu estava totalmente perdida de como estudar nessa situação. Eu estava querendo justamente estudar as matérias esporádicas. Só que elas são como a moda, né, vêm, vão, voltam... São pessoas como você que me mostra que o caminho para aprovação vale a pena, apesar dos espinhos. Um grande abraço.
  • 31/01/2013 - Emanuelle
    Bruno, seus textos são ótimos. Sempre passo por aqui para dar uma lida nas suas dicas. Continue nos motivando. We need it! (rs)
  • 31/01/2013 - Bruno
    Parabens pela busca constante na ajuda a nos que estamos nessa batalha dos concursos...que deus te de muita saúde e paz em toda sua vida profissional,emocional e familiar...grande abraço.
  • 31/01/2013 - Grasiele Araujo
    Suas dicas são excelentes prof. Sempre leio esse tipo de texto, pois me motiva e reanima a cada dia. Estudo na biblioteca da UFRN. pois em casa acabo não me concentrando... Uma dica para quem estuda em sala de estudos de bibliotecas e sentar bem distante da porta e de preferência sem ficar no seu campo de visão, gosto de ficar nas cabines que ficam de frente para parede. Fica a dica!
  • 31/01/2013 - Eduardo
    Ótimo texto, professor. O foco e a força de vontade são realmente os diferenciais para a aprovação.
  • 31/01/2013 - igor de souza
    Professor Bruno muito obrigado pelas "luzes" que vc nos dá, são as duvidas q nós vivenciamos na vida real de concurseiro...coisas q só quem é concurseiro sabe, muito obrigado.
  • 31/01/2013 - Ivanilda lopes de al
    Eh.. verdade profº foco sempre e determinação...
  • 31/01/2013 - Lucina soares
    Prof. Parabéns pelas dicas, eu tinha muita dificuldade em focar nas matérias principais, suas dicas me ajudaram muito.Muito obrigada e por favor continue a apoiar todos os concurseiros espalhados pelo Brasil.
  • 31/01/2013 - Lilian de Figueiredo
    Parabéns .... seus textos tem me ajudado muito. Gostaria de saber as materias básicas para o concurso do INSS.
  • 31/01/2013 - Ricardo Figueira
    Excelente. Eu estava iniciando o planejamento para estudar para o BACEN e estava perdido. Valeu pela dica.
Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: