Prof. Abelardo Neves

26/01/2013 | 00:36
Compartilhar

Tema importante em provas de Administração

Olá, pessoal!

Mais um ano começa, com inúmeras oportunidades para conquistar a tão sonhada vaga!

Como as organizações públicas precisam entregar resultados eficientes e eficazes a todas as partes interessadas nos seus produtos (os stakeholders, que estudamos num artigo anterior), a Administração se mostra cada vez mais necessária e por isto vem sendo tão cobrada nas provas dos concursos por todo o país.

Entre os grandes concursos, o da Receita Federal do Brasil é um dos mais disputados e desde o concurso de 2009 a Administração Geral tornou-se matéria permanente, tendo sido cobrada no concurso de 2012 para os dois cargos: Analista-Tributário da Receita Federal do Brasil e Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil.

Um assunto muito cobrado pela ESAF, a banca que tradicionalmente organiza os concursos da Receita, é o processo decisório nas organizações.

Para administrar, é preciso tomar decisões constantemente, pois os gestores tem o enorme de desafio de entregar resultados eficientes e eficazes ao mesmo tempo em que dispõem de recursos limitados e lidam com ambientes dinâmicos.

Vejamos uma questão recente da ESAF, do concurso para Analista-Tributário da Receita Federal do Brasil, realizado em 2012:

(ESAF/2012/RFB) Na questão, selecione a opção que melhor representa o conjunto das afirmações, considerando C para afirmativa correta e E para afirmativa errada

I. As decisões programadas são tomadas em condições em que os dados são repetitivos, o ambiente é estático e existe um alto grau de certeza, logo, baseadas em julgamentos pessoais.

II. As decisões não programadas constituem novidades e tendem a ser tomadas dentro de regras altamente testadas e rígidas.

III. À medida que alguém ascende na hierarquia organizacional, a sua capacidade de tomar decisões não programadas se torna mais necessária.

a) E - E - C

b) C - E - E

c) C - C - E

d) C - E - C

e) E - C - E


Comentários:

Ótima questão para trabalharmos conceitos fundamentais sobre o tema.

As decisões programadas ou estruturadas compõem o acervo, o estoque de soluções armazenadas pela organização, com base nas experiências anteriores por que passou.

São utilizadas, portanto, para resolver problemas que já foram enfrentados antes e que possuem um comportamento semelhante.

As decisões não programadas ou não estruturadas são necessárias em situações em que as decisões programadas não conseguem resolver.

São situações inesperadas, que a organização está enfrentando pela primeira vez e que admitem diferentes formas de resolução, cada uma com suas vantagens e desvantagens.

Analisemos os itens:

I. As decisões programadas são tomadas em condições em que os dados são repetitivos, o ambiente é estático e existe um alto grau de certeza, logo, baseadas em julgamentos pessoais.

Item incorreto. O item ia bem até pecar no final. Realmente, as decisões programadas são tomadas em condições de estabilidade, em situações semelhantes a outras já ocorridas no passado. Justamente por este motivo, o julgamento não é pessoal, mas baseado nas rotinas que foram registradas baseadas na experiências anteriores.

Num incêndio, não há espaço para intuição e improviso na hora de uma situação padrão como o escape de um prédio em chamas. A rota de fuga mais rápida e segura já foi estudada. Basta às pessoas seguir as regras, e não reinventar a roda!

II. As decisões não programadas constituem novidades e tendem a ser tomadas dentro de regras altamente testadas e rígidas.

Item incorreto. Mais uma vez, o item começa correto e se perde no final. Como vimos acima, realmente as decisões não programadas são necessárias em situações de inovação, de novidade, do inesperado, situações pelas quais a organização não passou anteriormente.

O erro do item, no entanto, é dizer que são tomadas dentro de regras testadas e rígidas.

Pessoal, regras testadas e rígidas devem ser utilizadas em situações-padrão, em eventos que já aconteceram outras vezes e para os quais já há um plano, ou seja, em decisões programadas!

Vamos ao próximo item!

III. À medida que alguém ascende na hierarquia organizacional, a sua capacidade de tomar decisões não programadas se torna mais necessária.

Finalmente um item correto!

É verdade. As pessoas que ocupam os cargos mais altos no organograma de uma organização precisam lidar diretamente com problemas provenientes do ambiente externo à organização, que atualmente se caracteriza pela instabilidade, pela turbulência e pela inovação, características que fazem com que a decisão a ser tomada na maior parte das situações seja do tipo não programada.

Por outro lado, quanto mais operacional o cargo, ou seja, mais baixo o nível hierárquico, mais situações rotineiras estarão presentes, e as decisões utilizadas serão, em sua maioria, do tipo programadas.

Estão incorretos os itens I e II e a resposta é a letra "a".

Resposta: letra a

É isso, pessoal!

Ao longo dos artigos continuaremos introduzindo conceitos administrativos fundamentais que aprofundaremos em aula!

Estou trabalhando o processo decisório e outros temas fundamentais em Administração no curso para a prova da STN. Acesse a aula demonstrativa aqui.

Vamos construir sua tão sonhada vitória neste ano de 2013!

Grande abraço!

Abelardo






Comentários

Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: