Prof. Marcelo Seco

13/02/2017 | 00:10
Compartilhar

Sim, amanhã teremos prova!

Amanhã teremos prova?

Sim, amanhã teremos prova!

O grande momento está chegando. E é assim que você deve encará-lo, como um grande momento. Saiba que não impossível, é apenas uma questão de preparo. E você está preparado.

Chegue tranquilo ao local de prova. Concentre-se, baixe o ritmo e contenha a ansiedade antes de entrar na sala. Você se preparou, estudou a matéria, resolveu milhares de exercícios. No dia da prova, você vai apenas chegar lá e resolver mais alguns, tranquilamente. Não é disso que você está cansado de fazer nos últimos tempos, resolver umas questõezinhas?

Não existe uma verdade universal que, como receita mágica, possa ser utilizada nesse momento. O fato é que quando tratamos com seres humanos as reações frente a determinada situação são únicas. Contudo, a incumbência que este trabalho me atribui, permite-me fazer algumas recomendações para o dia da batalha, como gosto de chamá-lo.

Eleja um assunto crítico para dar uma olhada no sábado à noite. Essa história de não estudar no dia anterior não existe. O que você vir no sábado estará fresquíssimo na sua memória no domingo. Apenas evite se desgastar mais do que o normal e alimentar-se de forma diferente da usual. Dormir um pouco é necessário!

Se o edital permitir, leve relógio (é tão essencial que eu sempre levava dois) e umas três canetas. Eu sempre levo uma de ponta mais grossa, para facilitar o preenchimento do gabarito. 

Chegue cedo ao local da prova. Quando digo cedo, quero dizer o seguinte, na hora em que o portão abrir você já deve estar lá há uns 20 minutos. Se tiver algum conhecido seu por lá, evite ficar conversando. Nesse momento você precisa se concentrar.

Portões abertos, entre imediatamente e dirija-se à sua sala. Se tiver que ir ao banheiro, faça-o nesse momento. Se o tempo for um ponto crítico para essa prova, é sempre melhor prevenir. Digo isso porque enquanto você vai ao banheiro durante a prova, os seus concorrentes estão resolvendo duas questões.

Nos concursos de algumas bancas, os lugares são de livre escolha. Em outros casos, são quase livres. Por isso a necessidade de chegar cedo e escolher um bom lugar para você. Veja se a cadeira não está quebrada ou muito capenga. Mesmo que sejam cadeiras pré-determinadas, verifique se a sua está confortável e não hesite em solicitar a troca, caso julgue necessária.

A partir desse momento, você deve ter 30 a 40 minutos até o início da prova. Concentre-se, tranquilize-se, baixe a adrenalina. Isso é essencial para começar bem. Não puxe conversa com o vizinho. Caso apareça um daqueles chatos impertinentes, explique educadamente que está precisando se concentrar. Quando a prova começar você deve estar com a respiração tranquila, concentração máxima e tranquilidade total.

Se ainda não planejou como vai ser a resolução da prova, faça isso agora. Você tem que saber em qual matéria vai começar, e qual o tempo máximo que deve dedicar a essa matéria inicial. Minha sugestão é sempre iniciar por língua portuguesa, mas isso é muito pessoal. O fato é que para as questões de interpretação não é exigido nenhum conhecimento que você tenha tido que estudar ou decorar. São necessários apenas atenção e capacidade de análise, e isso você sempre tem mais no começo da prova, então a chance de perder um ponto por bobeira é menor.

Se der de cara com uma questão cascuda, não perca tempo, passe para a próxima e volte a ela depois. No mais, é detonar as questões e controlar o tempo, e a ansiedade, como já disse.

Fiquem com uma frase inspirada em César, e saboreiem a merecida vitória!

Venimus, vidimus, victoriam!

Nós viemos, nós vimos a vitória!

Caros, curtam minha página do Facebook para acessar novidades sobre concursos, resoluções de questões e outras dicas. É um trabalho que estou iniciando, conto com a ajuda de vocês. Eis o link:

http://www.facebook.com/professormarceloseco

 

Boa sorte, e boa prova a todos!


Comentários

Ainda não há comentários

Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: