Prof. Luiz Claudio Santos

08/08/2016 | 14:01
Compartilhar

Carreira Legislativa - Técnicos chegam ao topo na Câmara

Olá, Pessoal.


Câmara tem novos diretores e Técnicos Legislativos ocupam os dois mais altos cargos da estrutura administrativa da Casa.


Semana passada uma pessoa me encaminhou um email para perguntar se o cargo de Técnico é um cargo no qual seria possível se aposentar ou se seria preciso fazer outro concurso no futuro.


A trilha de sucesso profissional que cada pessoa percorre depende de muitos fatores, inclusive o que cada um considera sucesso.

Neste momento, gostaria apenas de dizer que há muitos servidores da Câmara dos Deputados que entraram como Técnico, se qualificaram, construíram uma carreira bem sucedida, chegaram aos mais altos cargos da Casa e se aposentaram ou se aposentarão como Técnicos Legislativos, com a certeza de que tiveram uma carreira de sucesso.


Para ilustrar essa afirmação, vou basicamente transcrever a notícia publicada ontem (4/8/16) pelo "Notícias Câmara" na Intranet da Casa e acrescentar informação quanto ao cargo permanente do servidor, isto é, se o cargo para o qual foi aprovado em concurso público é de Técnico (nível médio) ou de Analista (nível superior), ok?

Não se surpreendam com a quantidade de Técnicos Legislativos nos mais altos cargos da estrutura administrativa da Casa.

"Lucio Henrique Xavier Lopes é novo diretor-geral; Wagner Soares Padilha é o secretário-geral da Mesa
O servidor Lucio Henrique Xavier Lopes (Técnico Legislativo) foi nomeado nesta quinta-feira (4) novo diretor-geral da Casa. Bacharel em Direito, Lucio ingressou na Câmara em 1987, durante a Assembleia Nacional Constituinte. Desde 2001, atuou como assessor jurídico em várias áreas da Casa. Entre 2005 e 2015, foi chefe da Assessoria Técnica da Diretoria-Geral. Nos últimos meses, deu assessoramento jurídico à secretaria da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Como diretora-geral adjunta assumiu a servidora Cassia Regina Ossipe Botelho (Analista Legislativo). Bacharel em Letras e Tradução e especialista em Desenvolvimento Gerencial, Cassia tem certificação PMI (Project Management Institute) e cursa o Mestrado Profissional em Poder Legislativo, oferecido pelo Cefor. Entre outras posições, a servidora foi chefe da Assessoria de Projetos e Gestão (Aproge) e diretora do Departamento de Taquigrafia, Revisão e Redação. Foi diretora-geral adjunta entre 2013 e 2015. Desde novembro de 2015, coordenava os trabalhos de gestão estratégica na Secretaria de Controle Interno.

A chefia da Assessoria de Projetos e Gestão da Diretoria-Geral caberá ao servidor Antonio Carvalho e Silva Neto (Analista Legislativo). Bacharel em Ciência Política e especialista em Inteligência de Futuro, Antonio foi chefe de gabinete da Segunda-Secretaria e da Primeira-Vice-Presidência da Mesa Diretora entre 2014 e 2016. Antes de ingressar na Câmara, foi assessor de assuntos parlamentares na extinta Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República.

O secretário-geral da Mesa é o servidor Wagner Soares Padilha (Técnico Legislativo). Bacharel em Pedagogia e especialista em Processo Legislativo, Wagner integra o corpo de professores do Cefor nos programas de especialização. Servidor da Casa desde 1993, foi, durante vários anos, secretário de comissões. Nos últimos sete anos, atuou como assessor de plenário.

Como secretário-geral adjunto, assumiu o servidor Fernando Sabóia Vieira (Analista Legislativo), que antes ocupava a assessoria jurídica do órgão. Fernando é bacharel em Direito e em Relações Internacionais, especialista em Gestão Legislativa e mestre em Ciência Política. Cursa, no momento, o doutorado em Ciência Política. Foi diretor do Cefor em 2011 e 2012 e secretário-geral adjunto em 2013 e 2014.

Também foram nomeados nesta quinta (4) o servidor Rogerio Ventura Teixeira (Técnico Legislativo) como diretor de Recursos Humanos; o servidor Milton Pereira da Silva Filho (Analista Legislativo) como diretor do Departamento de Pessoal e o servidor Romulo de Sousa Mesquita (Técnico Legislativo) como diretor Administrativo.

E então, ficaram impressionados com a quantidade de Técnicos que chegaram ao topo da carreira?

Espero que você valorize ainda mais essa grande oportunidade que será o concurso para Técnico Legislativo/Assistente Administrativo, para o qual já há mais de 253 vagas e uma expectativa de que mais de 400 candidatos aprovados no próximo certame venha a tomar posse no prazo de validade do concurso.

Foco, determinação, disciplina e ações continuadas até conquistar sua vaga!

Muito Sucesso!
Prof. Luiz Claudio Santos


Comentários

  • 09/08/2016 - Wilson Eduardo
    Muito bom! Vamos que vamos...
  • 09/08/2016 - Prof Luiz Claudio Santos
    Isso aí, Eduardo. Vamos em frente com fé, foco e determinação.
Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: