Prof. Celso Natale

04/05/2016 | 16:10
Compartilhar

Você, eu, o Impeachment e a Lava-Jato.

Você, eu, o Impeachment e a Lava-Jato.

     O cenário político brasileiro está uma bagunça, e os “vilões” da lava-jato e do processo de impeachment são alguns políticos e empresários. Do outro lado, dos heróis, você certamente deve ter ouvido falar das ações de repressão à corrupção e à má gestão do governo, conduzidas pela Polícia Federal, pelo Tribunal de Contas da União e pelo Banco Central do Brasil. Essas ações são executadas por ex-concurseiros!

     Aliás, todas essas instituições que citei cobram Economia em suas seleções - seja Micro, Macro, Economia Brasileira, Economia do Trabalho, Desenvolvimento Econômico, Economia do Setor Público - e é aí que eu entro: preparando futuros servidores para atuar na proteção dos interesses do Estado Brasileiro e da sociedade (quando não estou eu mesmo fazendo isso).

     Caso não tenha escolhido ainda o seu futuro cargo, e considerando que a importância das atribuições dispensa comentários, segue abaixo um pequeno aperitivo dos principais cargos que exigem Economia e suas respectivas remunerações mensais:

 

Sigla

Nome

Cargo

Remuneração

ABIN

Agência Brasileira de Inteligência

Oficial de Inteligência

R$ 15.003,70

ANAC

Agência Nacional de Aviação Civil

Especialista em Regul. de Aviação Civil

R$ 11.974,49

BCB

Banco Central do Brasil

Analista

R$ 15.003,70

BNDES

Banco Nacional de Desenvolv. Econômico e Social

Profissional Básico Economia

R$ 9.182,01

CVM

Comissão de Valores Mobiliários

Analista/Inspetor

R$ 15.003,70

MDIC

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior

Analista de Comércio Exterior

R$ 15.003,70

MPOG

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

Analista de Planej. e Orçamento

R$ 15.003,70

MTE

Ministério do Trabalho em Emprego

Auditor-fiscal do Trabalho

R$ 15.743,64

PF

Polícia Federal

Agente da Polícia Federal

R$ 8.702,20

STN

Secretaria do Tesouro Nacional

Analista de Finanças e Controle

R$ 15.003,70

SUSEP

Superintendência de Seguros Privados

Analista

R$ 15.003,70

TCU

Tribunal de Contas da União

Auditor Federal de Controle Externo

R$ 14.078,66

     Algumas observações:

  • É possível que algumas dessas remunerações já estejam maiores atualmente;
  • Os subsídios do Executivo Federal devem ser reajustados a partir de agosto deste ano, em 27,9%, parcelado em quatro anos. A proposta assinada pelo governo está no Congresso para votação;
  • Há, também no caso do Executivo Federal, o valor de R$458 pago em dinheiro a título de alimentação;
  • O BNDES paga participação no lucros, que acaba sendo bastante atraente, e não está inclusa na tabela.

 

     Dê uma conferida no Curso de Economia Regular aqui do Ponto, que é um excelente ponto de partida para estudar enquanto não sai o edital e, com ele, um curso 100% voltado para o cargo.

     Ah! Se quiser saber como ficam os concurso neste cenário político e econômico, veja as considerações do grande Professor César Frade em artigo aqui do Ponto.

     Ficou com alguma dúvida? celso.natale@pontodosconcursos.com.br


Comentários

  • 16/06/2016 - Marielen
    Faltou incluir a CGU não?
  • 16/06/2016 - Prof Celso Natale
    Sem dúvidas a CGU desempenha (e continuará desempenhando, a despeito de decisões políticas) um papel singular nessa história toda, além de ser um dos concursos de mais alto nível em nosso país. Contudo, Economia não vem fazendo parte dos editais de AFC da CGU... e a intenção do artigo foi ressaltar a presença da matéria nos certames.
Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: