Prof. Edimilson Torres

29/04/2016 | 11:35
Compartilhar

Apresentação e Algumas Questões de Elasticidade

Olá, meu nome é Edimilson. Sou economista, formado pela UnB, botafoguense e professor recém-chegado ao Ponto dos Concursos, por isso vou contar um pouco da minha história no mundo dos concursos.

Iniciei meus estudos para concursos logo após a minha graduação, inicialmente para a área de economia, após algum tempo migrei para a área fiscal e depois para a área de gestão. Assim como todo mundo, obtive alguns fracassos, mas também tive sucessos na minha caminhada como concurseiro (Auditor Fiscal da Receita Estadual do Rio Grande do Sul, Especialista no Ministério Público da União, Secretaria Municipal da Fazenda de Salvador, entre outros).

Aqui, no Ponto dos Concursos, vou ajudar todos aqueles que precisam aprender economia para alcançar o sucesso em um concurso. Sei como é difícil o dia a dia de quem está estudando sério, por isso tentarei ser o mais eficiente possível, passando o conteúdo sem enrolação e sem deixar dúvidas.

Muitas pessoas têm medo de economia, mas vou mostrar para vocês que a Economia não é nenhum bicho de sete cabeças e que, com dedicação, o conteúdo pode ser dominado.

Então, nada melhor do que um pouco de conteúdo para aquecer os motores, não é? haha

A elasticidade é um dos tópicos de economia que sempre aparece nas provas, podendo ser cobrada de diversas formas.

De forma geral, o cálculo da elasticidade é fácil de ser memorizado. Sempre será quantidade/dinheiro.

Vejam só:

Elasticidade PREÇO da demanda= ?%Q/?%P (variação percentual da quantidade de um bem dividida pela variação percentual do PREÇO do mesmo bem, sendo, usualmente, negativa);

Elasticidade RENDA da demanda = ?%Q/?%m (variação percentual da quantidade do bem dividida pela variação percentual da renda, sendo positiva para bens normais e negativa para bens inferiores);

Elasticidade preço cruzada = ?%Qx/?%Py (variação percentual da quantidade do bem X dividida pela variação percentual do preço do bem Y, sendo positiva para bens substitutos, negativa para bens complementares e zero para bens independentes)

Outro ponto importante de ser lembrado é o caso da demanda linear. Neste caso, apesar de a curva de demanda ser uma reta a elasticidade não será constante em toda a curva. No ponto de quantidade máxima e preço mínimo a elasticidade será 0; no ponto médio da quantidade e do preço a elasticidade será 1; e no ponto de preço máximo e quantidade mínima a elasticidade será infinita.

Nos pontos entre o ponto médio da demanda e o ponto de quantidade máxima a elasticidade será maior que 0 e menor que 1; nos pontos entre o ponto médio da demanda e o ponto de preço máximo a elasticidade será maior do que 1 e menor que inifinito.

Apenas com essas poucas informações nós já conseguimos resolver muitas questões. Olhem, por exemplo, o caso da prova para Analista de Planejamento e Orçamento do MPOG de 2015.

APO – Área 1

35- Considere ainda que a função demanda seja dada por qd = 50 – p e o conceito de elasticidade-preço da demanda. Com base nessas informações, é correto a?rmar que:

a) no ponto em que p = 25, Ep = 0

b) nos pontos em que p > 50, Ep > 0

c) considerando que nos pontos em que p é igual a zero, (Δqd /Δp) e Ep também serão iguais a zero

d) a variação da elasticidade dependerá dos valores de p e q d

e) no ponto em que p = 50, Ep = 1

Resolvendo:

A fórmula apresentada representa um caso de demanda linear. Substituindo os valores na equação de demanda: no ponto p=0, qd será 50; e no ponto onde qd=0, p será 50.

Portanto, a elasticidade se comportará da seguinte forma:

Elasticidade será infinita quando q=0 e p=50

Elasticidade será maior que 1 quando 0 < qd < 25 e 25 < p <50

Elasticidade será igual a 1 quando qd =25 e p=25

Elasticidade será menor que 1 e maior que 0 quando 25 < qd < 50 e 0 < p <25

Elasticidade será 0 quando qd = 50 e p = 0

Vamos às alternativas.

a) Se p=25 então qd= 25. Este é o ponto médio da curva, portanto a Ep= 1. Alternativa incorreta

b) nos pontos em que p>50 teríamos, pela equação de demanda, uma qd negativa, porém, o qd só pode ser maior que zero, pois não há quantidade negativa, né? Portanto, a questão fica incorreta

c) no ponto onde p é igual a zero a quantidade demandada será máxima, neste ponto a Ep realmente será igual a 0. Porém, como a demanda é linear, o resultado da derivada Δqd/ Δp não será, necessariamente, igual a elasticidade, isso acontece porque a elasticidade é a relação entre as variações percentuais da quantidade demandada e do preço, enquanto que a inclinação é dada pela razão entre as duas variáveis. Assim, no caso da equação de demanda do enunciado Δqd /Δp = -1

d) correta. Pela fórmula fica claro que os valores de qd e p são essenciais para determinar a elasticidade

e) no ponto em que p=50, o p é máximo, portanto a elasticidade será infinita

Gabarito:D

 

36-  Suponha Ep = (Δqd/Δp)  (p/qd) a elasticidade preço da demanda e Ey=(Δqd/Δy)(y/qd) a elasticidade renda da demanda, em que Δqd = variação da quantidade demandada; Δp = variação no preço do bem; p = preço do bem; q d = quantidade demandada do bem; Δy = variação na renda; e y = renda do consumidor. Com base nessas informações, é correto a?rmar que:

a) Ey pode ser negativa.

b) Ep pode ser positiva.

c) Ey não pode ser maior do que 1.

d) Ep não pode ser menor que zero.

e) Ep + Ey = q/y.

Respondendo cada uma das alternativas

a) Realmente, a elasticidade renda será negativa para os casos em que um aumento da renda gera redução da quantidade demandada, ou seja, no caso de bens inferiores. Assertiva correta

b) Apesar de realmente a Elasticidade preço da demanda poder ser positiva para o caso dos bens de Giffen, o examinador optou por deixar a assertiva como incorreta, no parecer disponibilizado pela banca é dito que “Os bens de Giffen não podem ser considerados na microeconomia tradicional sendo, como destacado, uma mera curiosidade teórica. ”. Não recomendo que este posicionamento seja adotado em todas as questões, mas é bom ficar de olho no estilo da banca.

c) Nada impede que a elasticidade renda da demanda seja maior do que um. Assertiva incorreta

d) A elasticidade preço da demanda só não será negativa nos casos dos bens de Giffen. Portanto, alternativa incorreta

e) Não é possível fazer tal dedução sem que seja disponibilizada a equação de demanda e a renda.

Gabarito: A

 

Vejam como em poucas linhas de conteúdo já seria possível garantir 4 pontos na prova para APO.

Espero que aproveitem esta rápida lição.

Um abraço a todos


Comentários

  • 29/04/2016 - Lais Rosa
    Olá Edimilson! Sempre bom contar com pessoas qualificadas para nos ajudar nessa caminhada de estudos. Bem vindo!
  • 29/04/2016 - Prof Edimilson Torres
    Obrigado pela confiança, Lais!
Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: