Prof. Davi Barreto

30/03/2016 | 14:22
Compartilhar

Comentários prova de Auditoria ISS Cuiabá

Amigos,

A prova de auditoria no concurso do ISS Cuiabá não trouxe muitas surpresas. Todas as questões estavam dentro do conteúdo do nosso curso e, como praxe da FGV, eram em regra cópias literais das normas de auditoria. Não vi possibilidades de recursos.

Vamos analisar rapidamente cada uma das questões:

 

  1. De acordo com a NBC 200, Objetivos Gerais do Auditor Independente e a Condução da Auditoria em Conformidade com as Normas de Auditoria, assinale a opção que indica os objetivos gerais do auditor ao conduzir a auditoria das demonstrações contábeis.

(A) Obter segurança razoável de que as demonstrações contábeis estão livres de distorção relevante e apresentar relatório sobre elas.

(B) Identificar fraudes nas demonstrações contábeis e aprimorar o controle interno para que novas fraudes não aconteçam.

(C) Detectar erros nas demonstrações contábeis e instruir a administração e os responsáveis pela governança, de modo que novos erros sejam evitados.

(D) Apresentar um relatório com parecer que reflita sua opinião sobre as demonstrações contábeis apresentadas e assegurar que elas estão livres de fraudes.

(E) Dar uma opinião imparcial sobre as demonstrações contábeis e assegurar que estas estão livres de fraudes e de erros.

Gabarito Preliminar: A

Segundo a NBC TA 200, ao conduzir a auditoria de demonstrações contábeis, os objetivos gerais do auditor são:

(a) obter segurança razoável de que as demonstrações contábeis como um todo estão livres de distorção relevante, independentemente se causadas por fraude ou erro, possibilitando assim que o auditor expresse sua opinião sobre se as demonstrações contábeis foram elaboradas, em todos os aspectos relevantes, em conformidade com a estrutura de relatório financeiro aplicável; e

(b) apresentar relatório sobre as demonstrações contábeis e comunicar-se como exigido pelas NBC TAs, em conformidade com as constatações do auditor.

 

  1. Os princípios fundamentais de ética profissional, quando da condução de auditoria de demonstrações contábeis, estão implícitos no Código de Ética Profissional do Contabilista e na NBC PA 01, que trata do controle de qualidade. Assinale a opção que indica alguns dos princípios fundamentais da ética profissional relevantes para o auditor de acordo com a norma vigente no Brasil.

(A) Competência, comportamento profissional e tempestividade.

(B) Conduta profissional, zelo e representatividade.

(C) Integridade, objetividade e confidencialidade.

(D) Representatividade, objetividade e tempestividade.

(E) Comportamento profissional, confidencialidade e transparência.

Gabarito Preliminar: C

Esses princípios são fundamentais destacados na NBC TA 200 são:

(a) Integridade;

(b) Objetividade;

(c) Competência e zelo profissional;

(d) Confidencialidade; e

(e) Comportamento (ou conduta) profissional.

 

  1. De acordo com a NBC TA 230, Documentação de Auditoria, o auditor deve preparar documentação suficiente para que um auditor experiente, sem nenhum envolvimento anterior com a auditoria, entenda:a natureza, época e extensão dos procedimentos de auditoria executados para cumprir com as normas de auditoria e exigências legais e regulamentares aplicáveis.os resultados dos procedimentos de auditoria executados e a evidência de auditoria obtida. III. os assuntos significativos identificados durante a auditoria, as conclusões obtidas a respeito deles e os julgamentos profissionais significativos exercidos para chegar a essas conclusões.

Está correto o que se afirma em:

(A) I, apenas.

(B) I e II, apenas.

(C) I e III, apenas.

(D) II e III, apenas.

(E) I, II e III.

Gabarito Preliminar: E

As assertivas I, II e II estão previstas na NBC TA 230 (Item 8) como elementos que devem estar presentes nos papeis de trabalho do auditor.

 

  1. Um auditor foi convidado para auditar a Cia. X. Antes de aceitar o trabalho, o auditor determinou que a estrutura de relatório financeiro que seria aplicada na elaboração das demonstrações contábeis era inaceitável. No entanto, a administração não concordou em fornecer divulgações adicionais nas demonstrações contábeis. O auditor entendeu que a limitação resultaria na emissão de relatório com abstenção de opinião sobre as demonstrações contábeis. Sobre o posicionamento do auditor em aceitar ou não o trabalho, de acordo com as normas brasileiras de auditoria independente, assinale a afirmativa correta.

(A) Aceitar, mas exigir honorários maiores.

(B) Aceitar, mas fazer uma denúncia ao IBRACON.

(C) Aceitar, apenas se o trabalho é exigido por lei ou regulamento.

(D) Não aceitar, mesmo que o trabalho seja exigido por lei ou regulamento.

(E) Não aceitar, mesmo que o trabalho seja exigido por lei ou regulamento e fazer uma denúncia ao IBRACON.

Gabarito Preliminar: C

O item 7 da NBC TA 230 afirma que:

Se a administração ou os responsáveis pela governança impõem uma limitação no alcance do trabalho do auditor, nos termos de um trabalho de auditoria proposto, de modo que o auditor entenda que a limitação resultará na emissão de relatório com abstenção de opinião sobre as demonstrações contábeis, o auditor não deve aceitar esse trabalho de natureza limitada como um trabalho de auditoria, a menos que exigido por lei ou regulamento.

 

  1. De acordo com a NBC TA 240 – Responsabilidade do Auditor em Relação à Fraude, no Contexto da Auditoria de Demonstrações Contábeis, assinale a opção que indica o(s) principal(ais) responsável(eis) pela detecção da fraude.

(A) O auditor independente.

(B) O sócio encarregado do trabalho de auditoria.

(C) Os funcionários da entidade.

(D) Os responsáveis pela governança da entidade e sua administração.

(E) O governo, representado pela Comissão de Valores Mobiliários.

Gabarito Preliminar: D

Essa é uma das questões mais batidas em concurso. Os responsáveis pala prevenção e detecção de fraudes são a administração e os responsáveis pela governança. (item 4 da NBC TA 240).

 

  1. Um auditor precisa avaliar os estoques de entidade auditada. As opções a seguir apresentam possíveis procedimentos de auditoria para lidar com riscos avaliados de distorção relevante decorrente de fraude em relação à quantidade do estoque, à exceção de uma. Assinale-a.

(A) Examinar os registros de estoque da entidade, identificando os locais que exigem atenção específica durante ou após a contagem física do estoque.

(B) Realizar contagens físicas de estoque em datas pré-agendadas e traçar um cronograma escalonado para contagens físicas de estoques em diferentes localidades.

(C) Conduzir contagens de estoque no fim ou perto do fim do período de reporte.

(D) Executar procedimentos adicionais durante a observação da contagem física de estoques, como examinar mais rigorosamente o conteúdo de itens encaixotados.

(E) Comparar as quantidades para o período corrente com períodos anteriores por classe ou categoria de estoque, local ou outros critérios, ou comparação de quantidades contadas com registros de estoques.

Gabarito Preliminar: B

Veja que como o objetivo é identificar fraudes, é importante o elemento surpresa. Portanto, as contagens não devem ser feitas em datas pré-agendadas, como sugere o item B.

A NBC TA 240, sugere alguns procedimentos, quando há riscos de fraudes, na análise dos estoques:

  1. Examinar os registros de estoque da entidade para identificar locais que exijam atenção específica durante ou após a contagem física do estoque.
  2. Observar contagens físicas de estoque em certas localidades sem anúncio prévio ou conduzir contagens físicas de estoque em todos os locais na mesma data.
  3. Conduzir contagens de estoque no fim ou perto do fim do período de reporte para minimizar o risco de manipulação inadequada durante o período entre a contagem e o fim do período sob exame.
  4. Executar procedimentos adicionais durante a observação da contagem física de estoques. Por exemplo, examinar mais rigorosamente o conteúdo de itens encaixotados, a maneira como os itens são empilhados (por exemplo, quadrados vazios) ou etiquetados e a qualidade (isto é, pureza, grau ou concentração) de substâncias líquidas como perfumes ou substâncias químicas especiais. Usar o trabalho de especialista pode ser útil neste aspecto.
  5. Comparar as quantidades para o período corrente com períodos anteriores por classe ou categoria de estoque, local ou outros critérios, ou comparação de quantidades contadas com registros de estoques.
  6. Usar técnicas de auditoria assistidas por computador para testar adicionalmente a compilação das contagens físicas dos estoques, por exemplo, organização por número de etiqueta para testar o controle de etiquetas ou por número de série de item, para testar a possibilidade de omissão ou duplicação de itens.

 

  1. O planejamento da auditoria deve definir a estratégia do trabalho e desenvolver o plano de auditoria. Sobre o planejamento da auditoria, assinale a afirmativa correta.

(A) O planejamento é uma fase isolada, que termina com o início do trabalho de auditoria.

(B) A experiência anterior dos membros-chave da equipe de trabalho com a entidade não influenciam a natureza e a extensão das atividades de planejamento.

(C) A estratégia global e o plano de auditoria são de responsabilidade do auditor e da administração da entidade auditada.

(D) A estratégia global deve definir o alcance, a época e a direção da auditoria, para orientar o desenvolvimento do plano.

(E) Uma vez iniciada a auditoria, devem permanecer inalterados a estratégia global e o plano de auditoria.

Gabarito Preliminar: D

Item A: errado. O planejamento não é uma fase isolada, mas um processo contínuo que pode ser revisado ao longo de toda a auditoria.

Item B: errado. A experiência da equipe é fundamental para definir o planejamento dos trabalhos.

Item C: errado. A administração da entidade não tem nenhuma responsabilidade em elaborar o planejamento de auditoria.

Item D: certo. Essa é a definição de estratégia global.

Item E: errado. Os elementos do planejamento podem ser revisados quando necessários ao longo da auditoria.  

 

  1. Para fins das normas de auditoria, os valores fixados pelo auditor, para reduzir a um nível baixo a probabilidade de que as distorções não corrigidas e não detectadas em conjunto excedam a materialidade para as demonstrações contábeis como um todo, são denominados

(A) materialidade para execução da auditoria.

(B) objetividade para execução da auditoria.

(C) relevância para execução da auditoria.

(D) limites relacionados a empresas do mesmo setor.

(E) parâmetros das demonstrações contábeis.

Gabarito Preliminar: A

Segunda o item 1 da NBC TA 320:

Materialidade para execução da auditoria significa o valor ou valores fixados pelo auditor, inferiores ao considerado relevante para as demonstrações contábeis como um todo, para adequadamente reduzir a um nível baixo a probabilidade de que as distorções não corrigidas e não detectadas em conjunto, excedam a materialidade para as demonstrações contábeis como um todo.

 

  1. A Cia. W é auditada pelo auditor independente João.

A Cia. W publicou suas demonstrações contábeis, em 05/03/2016, com relatório sem ressalva assinado por João.

Em 10/03/2016, João tomou conhecimento de que o principal cliente da Cia. W havia pedido concordata em dezembro e não pagaria sua dívida.

João discutiu o assunto com a administração da Cia. W e determinou que as demonstrações fossem alteradas, o que foi feito.

Assinale a opção que indica o procedimento de João em seu relatório reemitido.

(A) Manter o relatório sem ressalva.

(B) Adicionar um parágrafo de ênfase.

(C) Adicionar uma ressalva em relação à concordata do cliente.

(D) Adicionar uma ressalva em relação à omissão da informação pela Cia W.

(E) Abster-se de dar uma opinião.

Gabarito Preliminar: B

Trata-se de evento subsequente devidamente identificado e corrigido pela empresa auditada. Não há, portanto, de se falar em modificação de opinião, bastando ao auditor a inclusão de uma ênfase explicando o ocorrido.

 

  1. A comunicação efetiva entre o auditor interno e o auditor independente cria um ambiente no qual o auditor independente pode ser informado sobre assuntos significativos que podem afetar o seu trabalho. No entanto, existem circunstâncias nas quais o auditor independente não pode utilizar o trabalho da auditoria interna para os fins da auditoria. De acordo com a NBC TA 610, Utilização do Trabalho de Auditoria Interna, assinale a opção que indica o trabalho da auditoria interna que não pode ser utilizado pelo auditor independente.

(A) Testes da eficácia operacional dos controles.

(B) Observação das contagens do estoque.

(C) Rastreamento de transações pelo sistema de informações aplicável para as demonstrações contábeis.

(D) Testes sobre a observância dos requisitos de regulamentação.

(E) Julgamento sobre processos de riscos judiciais.

Gabarito Preliminar: E

Para determinar a adequação de trabalhos específicos executados pelos auditores internos para os seus objetivos como auditor independente, este deve avaliar, entre outros elementos, se o trabalho foi executado por auditores internos que tenham competência e treinamento técnicos adequados.

A avaliação de riscos judiciais deve ser realizada por profissionais especializados, como consultores jurídicos (especialistas). Assim, esse tipo de análise não pode ser realizada pela auditoria interna e tampouco utilizada pelo auditor independente.

 

Abraços e boa sorte!

Davi Barreto

 


Comentários

Ainda não há comentários

Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: