Prof. Fabiano Sales

20/02/2016 | 07:22
Compartilhar

Locução 'POSTO QUE': causal ou concessiva?

LOCUÇÃO POSTO QUE: CAUSAL OU CONCESSIVA?



Galera, frequentemente muitas pessoas vêm empregado a locução conjuntiva POSTO QUE em contexto de causa/consequência.

Exemplo: Não comparecei à festa posto que não fui convidado.

No período acima, a locução POSTO QUE foi incorretamente empregada como sinônimo de UMA VEZ QUE (locução conjuntiva causal).

Logo, a reescrita adequada é Não comparecei à festa uma vez que não fui convidado.

 


Para aprender definitivamente o matiz semântico da locução POSTO QUE, compartilho com vocês as seguintes lições:



NAPOLEÃO MENDES DE ALMEIDA (Dicionário de Questões Vernáculas, Editora Ática,4ª ed., 1998, p. 432)

"Posto que - é locução conjuntiva, de sentido concessivo, e não causal; significa ainda que, bem que, embora, apesar de:

Um simples cavaleiro posto que ilustre. (=Um simples cavaleiro ainda que ilustre)

E, posto que a luta fosse longa e encarniçada, venceram." (=E, mesmo que a luta fosse longa e escarniçada, venceram)


DOMINGOS PASCHOAL CEGALLA (Dicionário de Dificuldades de Língua Portuguesa, Editora Nova Fronteira, 2ª ed., 1999, pp. 324-325)

"Posto que - locução equivalente de ainda que, se bem que, embora:

Embora o primeiro a entrar no jardim, e pisava firme, posto que cauteloso. (Carlos Drummond de Andrade, Obras Completas, p. 439)

(...)

Esta locução não tem o sentido de porque, visto que. Não serve, portanto, para exprimir ideia de causa."



De posse dessas informações, vamos resolver uma questão elaborada pela UFMG, banca que cobrou justamente essa diferenciação.


(UFMG)

TRECHO 1

Ouvimos o ferrolho da porta que dava para o corredor interno; era a mãe que abria Eu, uma vez que digo tudo, digo aqui que não tive tempo de soltar as mãos da minha amiga...

MACHADO DE ASSIS, J. M. Dom Casmurro. São Paulo: Globo. 1997. p. 67.


 

TRECHO 2

Fomos jantar com a minha velha. Já lhe podia chamar assim, posto que os seus cabelos brancos não o fossem todos nem totalmente; e o rosto estivesse comparativamente fresco...

MACHADO DE ASSIS. J. M. Dom Casmurro, São Paulo: Globo, 1997. p.165.

 

a) Reescreva cada um desses trechos, substituindo o conectivo destacado por outro de igual valor e fazendo as adaptações necessárias.


Resposta: 

TRECHO 1

Ouvimos o ferrolho da porta que dava para o corredor interno; era a mãe que abria Eu, uma vez que digo tudo, digo aqui que não tive tempo de soltar as mãos da minha amiga...

Ouvimos o ferrolho da porta que dava para o corredor interno; era a mãe que abria Eu, visto que digo tudo, digo aqui que não tive tempo de soltar as mãos da minha amiga...

Ouvimos o ferrolho da porta que dava para o corredor interno; era a mãe que abria Eu, já que digo tudo, digo aqui que não tive tempo de soltar as mãos da minha amiga...

Ouvimos o ferrolho da porta que dava para o corredor interno; era a mãe que abria Eu, porque digo tudo, digo aqui que não tive tempo de soltar as mãos da minha amiga...


 

TRECHO 2

Fomos jantar com a minha velha. Já lhe podia chamar assim, posto que os seus cabelos brancos não o fossem todos nem totalmente; e o rosto estivesse comparativamente fresco...

Fomos jantar com a minha velha. Já lhe podia chamar assim, ainda que os seus cabelos brancos não o fossem todos nem totalmente; e o rosto estivesse comparativamente fresco...

Fomos jantar com a minha velha. Já lhe podia chamar assim, mesmo que os seus cabelos brancos não o fossem todos nem totalmente; e o rosto estivesse comparativamente fresco...

Fomos jantar com a minha velha. Já lhe podia chamar assim, embora os seus cabelos brancos não o fossem todos nem totalmente; e o rosto estivesse comparativamente fresco...



b) Explicite o tipo de relação que cada um desses conectivos estabelece entre as orações, nos trechos em que estão empregados.

Resposta: 

Nos períodos em que estão inseridos, os nexos textuais "uma vez que", "visto que", "já que" e "porque" expressam valor de causa.

Por sua vez, os elementos "posto que", "ainda que", "mesmo que" e "embora" exprimem matiz semântico de concessão.



 

É isso aí, pessoal!

Bons estudos e forte abraço!

Fabiano Sales.



 



 





Ouvimos o ferrolho da porta que dava para o corredor interno; era a mãe que abria Eu, uma vez que digo tudo, digo aqui que não tive tempo de soltar as mãos da minha amiga...


Comentários

  • 22/02/2016 - Simone Miranda
    Simples, direto e objetivo! Excelente explicação, professor! As questões encerraram o artigo com chave de ouro! Muito obrigada!!!
  • 20/02/2016 - Luiz
    Obrigado pela ótima dica, professor! Um abraço!
Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: