Prof. Vicente Paulo

23/01/2016 | 17:59
Compartilhar

Fim de festas, Novas Edições dos Livros Descomplicados

Fim de festas, hora de enfrentarmos o ano novo: novas edições dos livros “Descomplicados” e breve retrospectiva do Direito Constitucional em 2015!

Quem não está cansado de conversas sobre crise e pessimismo quanto ao cenário econômico e político do Brasil? Num ano em que os assuntos impeachment e operação lava-jato dominaram a pauta do governo e do Congresso Nacional, não foi fácil manter o otimismo (tampouco fugir das conversas relacionadas a ele)!

Mas chegamos a 2016! E agora, mais do que nunca, é hora de renovar as forças e do velho “seguir em frente”! Que o ano não será fácil, já sabemos! Resta-nos, então, fazer a nossa parte, para que as coisas não piorem, pelo menos, em nossas vidas pessoais!

Dois breves assuntos.

Primeiro, tenho recebido muitas mensagens indagando sobre a data de publicação das novas edições dos meus livros em coautoria com o Marcelo Alexandrino – os “Descomplicados” e os “Resumos”, de Administrativo e Constitucional. Nós, autores, não temos ingerência sobre esse assunto. Os livros não são por nós diretamente publicados; quem os publica e distribui pelas livrarias de todo o país é a Editora, com a qual possuímos contrato de exploração de direitos autorais (Grupo GEN). Como nessa época do ano praticamente todos os livros têm novas edições publicadas (e o GEN publica milhares de títulos!), eu não tenho como assegurar uma data precisa. O que posso adiantar - considerando o ocorrido em anos anteriores - é que, tradicionalmente, os nossos livros chegam ao mercado entre os meses de fevereiro e março.

Segundo assunto: a partir de amanhã, publicarei seguidos artigos por aqui, nos quais tentarei fazer uma espécie de “Retrospectiva 2015” do Direito Constitucional, apresentando as principais novidades legislativas (emendas constitucionais, leis regulamentadoras de direitos constitucionais etc.) e jurisprudenciais (principais julgados do STF, novas súmulas vinculantes do STF etc.) para o fim de concurso público. Vamos debater os assuntos por aqui, você está convidado – mas sem crise, sem pessimismo, e sem brigas motivadas por diferentes convicções políticas, por favor! (risos)

Um forte abraço (o meu primeiro de 2016!),


Comentários

Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: