Prof. Igor Oliveira

21/06/2015 | 10:45
Compartilhar

Fé na missão

Muitos de nós, ao sentarem para estudar, não desejam estar ali de fato. Intelectualmente, sabem que estudar é o certo a se fazer, que é a atividade que vai render bons frutos futuros. No entanto, quando abrem o livro, todas as células do corpo começam a gritar para sair da escrivaninha. Desejam o cargo mais que tudo na vida, mas não conseguem ter a mesma vontade para os estudos.

Agindo dessa forma, com vontade fraca, não conseguimos aplicar todos os nossos recursos de atenção na tarefa. Confundido e sem controle de seus pensamentos, o candidato se vê encurralado por suas próprias dúvidas. A memória de trabalho, de capacidade de gerenciamento limitada, precisa dividir o foco nos estudos com pensamentos sabotadores de ordem diversa. É óbvio que o rendimento é péssimo e a sensação pós sessão de estudos é de decepção. Temos a impressão que não memorizamos nada e o tempo todo duvidamos se “concurso público é realmente pra gente”.

Numa situação extrema, o candidato, seja por autopunição ou autopiedade, não consegue nem estudar, nem ter paz para descansar e se entrega derrotado no sofá. Mais extremo ainda são os que buscam conforto em comida, bebida ou drogas.

Imagine agora a situação inversa. Se você sentasse para estudar e, ao abrir o livro, tivesse certeza absoluta que, ao dar cabimento àquela tarefa, seus objetivos seriam conquistados e seus sonhos se tornariam realidade. Sua postura, por conta dessa certeza, é a de se entregar à missão, aos estudos. O sentimento no final do dia é de dever cumprido e satisfação.

O nome da força que impulsiona esse comportamento você já conhece: fé.

Fé na missão é a capacidade de acreditar em si mesmo. É agir como se já tivesse dado certo. É ter como meta a própria ação em si. É abrir mão do perfeccionismo doentio e focar na qualidade, não importa o tempo disponível para o estudo.

Não é ser soberbo, mas agir com convicção e profissionalismo.

Guerreiro de verdade, ao amolar sua faca de combate e preparar seu equipamento, o faz com devoção. Ele cria uma espécie de conexão com a batalha e luta no fluxo do momento. Ele não faz por dinheiro, glória ou reconhecimento. Ele faz porque tem que ser feito. Ele nasceu para a guerra e acredita na sua missão. Suas células desejam estar ali, combatendo. Ele luta com alegria e a vitória é apenas uma consequência.

Há pessoas que, naturalmente, possuem o dom de acreditar em si mesmas. Mas ainda assim é possível aperfeiçoar o seu nível de autoconfiança. Só de você não reclamar daquilo que você deve fazer já é um bom começo, pois reclamações constantes alimentam um padrão negativo de conduta e nos aproximam da mediocridade.

Não deixe que seus pensamentos tenham poder sobre você sem sua permissão. Não deixe de acreditar que você merece e que, com esforço, é possível chegar aonde você quer chegar. Se sua fé é pequena, proteja-a. Estime-a. Não a desperdice. Cultive-a. Agarre-se aquilo que você já tem dentro de você e lute para aprimorar.

Ter fé em si mesmo, na sua missão, é o que vai fazer com que você estude todos os dias até passar. Se você não acredita em você, qualquer obstáculo, por menor que seja, será motivo suficiente para impedir seu avanço.

Abs!

Igor Oliveira

Alunos e ex-alunos do coaching

Se você é aluno ou ex-aluno do meu coaching, informo que estão acontecendo vários eventos ao vivo e exclusivos para auxiliar na sua preparação. Apesar de os eventos terem como foco o concurso para o TCU, ainda assim qualquer aluno ou ex-aluno pode participar.

Alguns desses eventos já estão acontecendo como, por exemplo, encontros semanais comigo para tirar dúvidas sobre planejamento e tratar de temas ligados à motivação.

Os eventos são transmitidos via sistema de transmissão ao vivo do Ponto. Se já quiser participar, inscreva-se preenchendo o formulário próprio clicando aqui.

-----------

Está aberta minha 18ª turma de coaching para concursos. Caso tenha interesse clique aqui.

Conheça o Programa motivacional para concursos públicos.

Baixe gratuitamente meu e-Book: "Ninguém quer ser concurseiro em uma tarde de verão".

-----------

Precisa de respostas para suas dúvidas? Preencha o formulário de sugestões de artigos clicando aqui.

E-mail: igor[arroba]pontodosconcursos.com.br.

Siga-me no twitter.


Comentários

  • 22/06/2015 - Andre Luiz
    Opa Igor! Já deu certo! ADSUMUS
  • 22/06/2015 - Prof Igor Oliveira
    Isso mesmo André. Fé na missão. Foco na ação. Adsumus!
  • 22/06/2015 - Phelippe
    - Ele nasceu para a guerra e acredita na sua missão. Suas células desejam estar ali, combatendo. Ele luta com alegria e a vitória é apenas uma consequência - . Obrigado mais uma vez Igor. Se eu não desistir, sei que em algum momento a missão será cumprida. Abraço mestre.
  • 22/06/2015 - Prof Igor Oliveira
    Você não vai desistir e a missão será cumprida. Abs!
  • 22/06/2015 - Danielle
    Olá coach,
    Texto muito instigante! Obrigada! Abs.
    Dani Sousa
  • 22/06/2015 - Prof Igor Oliveira
    Que bom que gostou Dani! Grande abraço! Igor.
  • 22/06/2015 - Antonio Jose
    Mestre, muito obrigado. "Ô meu senhor e meu DEUS, eu creio, mas aumentai a minha FÉ". Vamos em frente sempre. Fica em paz. Abraços ;)
  • 22/06/2015 - Prof Igor Oliveira
    Disponha sempre Antônio! Abs!
  • 21/06/2015 - Renata Felix Maia
    Perfeito o texto Igor!! Parecia que eu tava me vendo nele!!
  • 22/06/2015 - Prof Igor Oliveira
    Que bom que gostou Renata. Disponha sempre! Abs!
Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: