Prof. Leandro Signori

10/06/2014 | 14:43
Compartilhar

Comentários à prova - Atualidades - CONAB - Nível Médio

Caríssimos Alunos,

No último domingo, realizou-se a prova do concurso da CONAB, para os cargos de nível médio. Foram cobrados assuntos bem recentes, ou seja, atualidades mesmo. Esta é uma característica das questões do IADES.

Questões tranqüilas, sem polêmicas, não vejo possibilidades de recursos.

Vejamos as questões comentadas:

 

1) A sanção ao marco civil da internet foi publicada no dia 24 de abril de 2014 no Diário Oficial da União. Segundo o documento, a lei que estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da rede no Brasil passa a vigorar em 60 dias, no final de junho.

Considerada uma espécie de Constituição para internautas e provedores, o marco civil foi aprovado pelo plenário do Senado Federal e assinado pela presidente Dilma Rousseff no dia 23 de abril de 2014, durante a abertura do encontro NET Mundial, que aconteceu em São Paulo.

Disponível em: http://g1.globo.com/politica/noticia/2014/04/sancao-ao-marco-civil-da-internet-e-publicada-no-diario-oficial.html>, com adaptações.

Com base nessas informações, é correto afirmar que, entre os princípios do marco civil da internet, está a questão da neutralidade de rede, a qual estabelece que

(A) os provedores de conexão da web e aplicações na internet não serão responsabilizados pelo uso que os internautas fizerem da rede e por publicações feitas por terceiros.

(B) os provedores não podem ofertar conexões diferenciadas, por exemplo, para acesso somente a e-mails, vídeos ou redes sociais.

(C) as empresas de acesso não poderão espiar o conteúdo das informações trocadas pelos usuários na rede.

(D) os provedores de aplicações (exemplo: Google e Facebook) terão de manter por seis meses o registro de acesso de todos os usuários.

(E) a remoção de conteúdo não fica a cargo do provedor de conexão nem de outras empresas de internet; essa exclusão só pode ser feita mediante ordem judicial.

 COMENTÁRIOS:

Os enunciados das alternativas “A”, “B”, “C” e “D” constam da lei do marco civil da internet. Porém, a alternativa que se refere à neutralidade da rede é a “B”.

A alternativa “E” está errada, pois, embora seja necessária ordem judicial para a remoção de conteúdo, há exceção. No caso de conteúdo com nudez de determinada pessoa, não é necessário autorização judicial para a retirada da publicação. Para isto, a pessoa objeto da nudez deve solicitar a remoção diretamente ao site onde está publicada.

Gabarito: B

 

2) A charge apresentada faz uma clara alusão à crise na Ucrânia.

Quanto ao tema, assinale a alternativa correta.

(A) A União Europeia se encontra em uma difícil situação nesse conflito, pois apoia os ucranianos na sua integridade territorial e, ao mesmo tempo, depende das importações de gás da Rússia.

(B) A Ucrânia possui uma explícita divisão: o oeste é pró-Rússia, tanto étnica como economicamente, enquanto o oeste é pró-Ocidente e europeizante.

(C) A revolta popular na Ucrânia se iniciou com a decisão do presidente Viktor Yanukovich de rejeitar um acordo comercial com a Rússia e aceitar a ajuda econômica da União Europeia e dos Estados Unidos.

(D) A Rússia de Vladimir Putin quer continuar com um grande domínio sobre a Ucrânia, pois depende das importações de gás desse país para se abastecer.

(E) A anexação da Península da Crimeia pela Rússia foi o estopim da crise ucraniana, quando a população crimeana saiu às ruas exigindo permanecer ligada à Crimeia.

 COMENTÁRIOS:

 (A) Correta. A União Europeia apoia os ucranianos na sua integridade territorial e gostaria de impor sanções econômicas mais severas a Rússia. Porém, encontra-se em uma situação delicada, já que o gás russo é um componente importante para o suprimento energético de muitos países do bloco, especialmente a Alemanha.

(B) Incorreta. A Ucrânia possui uma explícita divisão: o sul e o leste são pró-Rússia, tanto étnica como economicamente, enquanto o oeste é pró-Ocidente e europeizante.

(C) Incorreta. A revolta popular na Ucrânia se iniciou com a decisão do presidente Viktor Yanukovich de rejeitar um acordo comercial com a União Europeia, em prol da participação do país na União Econômica Euroasiática.

(D) Incorreta. A Rússia de Vladimir Putin quer continuar com uma grande influência sobre a Ucrânia. Putin não aceita o deslocamento geopolítico da Ucrânia em direção a União Europeia, tampouco a possibilidade de ingresso do país na aliança militar da OTAN. A Ucrânia depende das importações de gás da Rússia para se abastecer.

(E) Incorreta. O estopim da crise ucraniana foi a recusa do ex-presidente Viktor Yanukovich em assinar um tratado de livre comércio com a União Europeia, em prol do ingresso do país na União Euroasiática.

Gabarito: A


3) A primeira estimativa da safra nacional para 2014 aponta uma colheita de 193,9 milhões de toneladas, 3,0% superior à de 2013, que foi de 188,2 milhões de toneladas. Os números são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) projetou em 193,6 milhões de toneladas a produção de grãos 2013/2014, crescimento de 3,6% em relação ao registro anterior do órgão.

Segundo o IBGE, a área a ser colhida, em 2014, cresceu 4,2% em relação a 2013.

Disponível em: <http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2014/02/safra-2013-2014-deve-chegar-a-193-9-milhoes-de-toneladas-segundo-ibge>, com adaptações.

Considerando as informações do texto, o produto agrícola que deverá ser o responsável por mais um recorde de safra do Brasil será o (a)

(A) trigo, devido ao aumento do consumo de pães e massas por parte do brasileiro.

(B) algodão, em função da maior demanda por parte da indústria têxtil.

(C) soja, em função dos preços atrativos no mercado internacional e do aumento da área plantada.

(D) cana-de-açúcar, como consequência de maiores investimentos no setor sucroalcooleiro.

(E) arroz, relacionado ao aumento da renda do brasileiro graças à elevação do valor do Bolsa Família.

COMENTÁRIOS:

A Conab projetou em 193,6 milhões de toneladas a produção de grãos da safra 2013/2014.Conforme essas projeções, aprodução desoja chegará a 86,6 milhões de toneladas. Sozinha, a soja responderá por quase a metade da produção nacional de grãos. Do total da área destinada ao plantio de grãos - 56,3 milhões de hectares, a soja ocupou a maior parte - 30,1 milhão de hectares.

A soja é um dos principais itens da pauta de exportação brasileira, cujos preços estão atrativos no mercado internacional. Fica claro que se não fosse essa grandiosa quantidade de soja produzida, a produção de grãos não seria tão alta. Em números absolutos a produção de soja teve um incremento de 5,1 milhão de toneladas, seguida do trigo, com um incremento bem menor - 1,35 milhão de toneladas.

Gabarito: C

 

4) No lugar do marido, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, Michelle Obama aproveitou o discurso semanal da Casa Branca, no dia 10 de maio de 2014, para classificar como “ação irresponsável” o sequestro de mais de 270 estudantes na Nigéria, há mais de três semanas. O discurso, feito pela primeira vez pela mulher de Obama, aconteceu na véspera do Dia das Mães, no domingo. Como mãe de duas adolescentes, a primeira-dama destacou a indignação que ela e o presidente sentem pelo sequestro das estudantes em uma escola na aldeia de Chibok, no nordeste do país.

Disponível em: <http://oglobo.globo.com/mundo/michelle-obama-vejo-minhas-filhas-nas-jovens-sequestradas-na-nigeria-12447960>, com adaptações.

Com relação ao texto, o grupo terrorista que assumiu a responsabilidade pelo sequestro das jovens nigerianas é a (o)

(A) Al Qaeda.

(B) Boko Haram.

(C) Hamas.

(D) Grupo Islâmico Armado (GIA).

(E) Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

COMENTÁRIOS:

O grupo fundamenstalista islâmico Boko Haram provocou indignação mundial no dia 14 de abril, quando sequestrou 276 estudantes do ensino médio no nordeste do país. A organizaçãoislamita ameaça casar à força essas adolescentes ou vendê-las como escravas.

Em haussa, idioma mais falado no norte da Nigéria, Boko Haram significa “educação ocidental é pecado”. O grupo se opõe à democracia, à educação ocidental, à educação das mulheres e à convivência pacífica entre muçulmanos e cristãos. Também prega a supremacia da cultura do Islã; tem como objetivo destituir o governo e impor a sharia (lei islâmica) na Nigéria.

Gabarito: B


Comentários

Ainda não há comentários

Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: