Prof. Fernando Mesquita

16/10/2013 | 22:07
Compartilhar

Game face - a semana da prova

Pessoal,


Uma aluna me mandou um relato muito interessante, cuja sugestão aproveito aqui para tratar de um tema importante. O pré-prova. Veja um trecho:


"(...) tenho sentido que a última semana é a pior de todas. Não consigo me concentrar, sinto muito ansiedade e uma vontade irracional quase irresistível de desistir da prova. A sensação de que quanto mais estudo menos eu sei é avassaladora, e parece que todas as questões que vou resolver são tão difíceis que seria melhor eu nem comparecer à prova sob o risco de sair de lá devendo pontos ao Cespe!"


Ao mesmo tempo, também recebi uma mensagem de uma colega que perguntava como incentivar uma amiga que tinha consciência da aprovação possível mas não ânimo para o esforço necessário.


Em todos os casos, a recomendação número 1 é:

 

1. Foco no processo


Cada vez mais percebo como isso é fundamental.


Tratar a vida como pequenas caixas não é fácil, mas é algo que pode ser treinado e que só traz benefícios. Imagine se você tem um péssimo dia no trabalho, sai fulo da vida, mas ao passar a porta, pensa "Ok, isso foi no trabalho, agora aqui fora é só alegria e diversão". Se alguém souber como fazer, me conta, porque certamente é uma habilidade em falta.


Entretanto, quando mais perto disso você conseguir chegar, melhores serão as coisas.


Uma das tarefas que mais tenho percebido que nos ajudam é o foco no processo. O que significa isso? Em termos simples, é não perder tempo com pré-ocupações. Você já tem ocupações o suficiente para ficar arranjando outras.

 

Como funciona? Muitas pessoas nem começam a estudar para concursos por medo do tamanho da tarefa. Quando começam a pensar nisso, pensam "ser aprovado", quando deveriam pensar "arranjar um livro/curso de direito constitucional". São etapas, tamanhos e importâncias muito diferentes.


Se a ansiedade atacar, a primeira coisa a fazer é NÃO ENTRAR EM PÂNICO (o que é especialmente divertido para quem leu o Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams). Pare, respire, concentre-se onde você está. Sinta a cadeira, a mesa. Faça-se presente. A ansiedade é viver no futuro, naquilo que você não pode controlar. Forçar-se a estar presente é uma grande ferramenta contra isso.


O segundo ponto é focar-se naquilo que você pode fazer. Minha sugestão para a semana da prova, como de costume, é resolva todas as questões que conseguir e revise todas as matérias e aprofunde os conteúdos mais importantes que forem possíveis. Isso já é ocupação para um mês inteiro, então você provavelmente conseguirá usar uma semana com isso.


Focar-se no processo é seguir seu cronograma, resolver suas questões, aprofundar o que for possível. Pensar que a prova é mais uma etapa da sua preparação. é um grande simulado (que, se você fez outros, vai ser mole). 


Caso a ansiedade permaneça e lhe seja possível, dê uma caminhada ou faça um exercício físico. Os exercícios liberam endorfinas, ajudam a circular o sangue e o cansaço vai fazer sua mente prestar mais atenção no corpo. Só há benefícios.


Foque-se no processo. Não só agora, mas na vida. Cumpra cada tarefa com cuidado, com esmero e com propósito. Então, passe para a próxima.

 

2. Preparação para a crise

 

Estava escrevendo há pouco um capítulo de um livro para o futuro. O título provisório é "alerta de tornado". Faz sentido pela metáfora do início, e fala sobre o hábito de alguns norteamericanos (aqueles que vivem em zonas de risco) de guardar comida, água e muitas vezes até cobertores, mochilas, lanternas e telefones de emergência nos porões de suas casas. Em caso de fenômenos naturais (como são comuns por algumas áreas), eles têm alguma estrutura de proteção para a família.

 

A ideia é que o concursando também se preparasse para os momentos de crise. E o pré-prova certamente é um momento de crise.

 

Não nos antecipamos quando algo acontece, mas sim antes. Portanto, comece a desenvolver o foco no processo agora. Se essa não for sua última prova (o Fernando está torcendo para que você seja aprovado(a) e venha contar aqui sua história de sucesso), o foco no processo vai te ajudar a lidar com as próximas crises. Considere essa prática até a próxima última semana antes da prova como sua mochila de emergências.

 

3. Game face


Como uma pessoa tranquila, confiante e preparada se comportaria nessa semana?  (Não é retórico, quero realmente que você responda).

Qualquer que tenha sido sua resposta, faça igual ao que você pensou.

Pesquisas revelam que comportar-se como uma pessoa confiante te torna mais confiante (sério, funciona. Você está lendo o artigo de alguém com quase-pânico social que fez uma apresentação para 350 pessoas semana passada).

Se você já tivesse sido aprovado(a) em todos os concursos que gostaria e continuasse fazendo provas por diversão (sim, é possível), como você estaria agora? Digamos que você realmente quer passar nas provas que faz. Como você estaria?

Comporte-se assim. Pode parecer um pequeno comportamento, mas você não tem nada a perder.

E boa prova. Estou aqui novamente torcendo por você. Desejo que a aprovação chegue e com ela traga tranquilidade e a responsabilidade que todo servidor público deveria carregar consigo - de fazer seu órgão e seu país melhores.

Deixe um recado. Você fica nervoso(a) antes da prova? Como tem lidado com isso? Quais suas estratégias?

Sucesso e bons estudos,

 

Fernando Mesquita

fernando.mesquita@pontodosconcursos.com.br


Comentários

  • 18/10/2013 - Silvana
    Olá Fernando, obrigada por mais este artigo! Passei só para deixar um abraço, pois estou intensificando nesta semana véspera de prova. Domingo vem uma por aí, e espero me comportar exatamente como uma pessoa tranquila e confiante! Abraços!
  • 18/10/2013 - Prof Fernando Mesquita
    Que beleza, Silvana. Espero que você consiga. Estou torcendo pelo seu resultado. Me diga depois como foi, ok? Abraço,
  • 17/10/2013 - Sergio Duarte
    Bom dia! professor quando você faz provas só por diversão, estuda todas as matérias ou só aquela de sua área?ex: só faço provas que contenhan direito constitucional e só estudo DC
    Faz a prova para passar ou para testar seus conhecimentos na sua área?.Que benefícios isto lhe traz.
    Parabéns continue escrevendo, seus artigod são ótimos.
  • 17/10/2013 - Prof Fernando Mesquita
    Fala, Sérgio, tudo bem? Isso vai depender de sua estratégia. Se quero passar na prova, estudo tudo, e estudo com afinco, como um candidato regular. Se a intenção é só me preparar para uma prova específica, aí vale focar naquilo que é importante apenas.

    Mas vai depender de sua estratégia. As provas que faço costumam ter as disciplinas próximas, então nada impede de estudar as matérias diferentes e aproveitar uma aprovação - e sempre gosto de concorrer de fato, mesmo que não faça muito por onde =D. Obrigado. Continue por aqui. Abraço e sucesso,
  • 17/10/2013 - Bruno
    Na semana da véspera da prova eu costumo ficar mais relaxado e apenas revisar o que eu já estudei e fazer questões, isso me deixa mais tranquilo. No dia da véspera da prova eu quase não estudo, apenas me organizo e se der tempo eu revejo algumas coisas que eu penso que vá cair na prova e que eu já domine para eu não errar. Penso que na prova eu preciso acertar apenas as que eu sei, as q
  • 18/10/2013 - Prof Fernando Mesquita
    Fala, Bruno. É uma estratégia. O importante é encontrar aquilo que te ajuda, de fato. Abraço e obrigado por comentar.
  • 17/10/2013 - Ursula
    Obrigada professor. Acho que eu precisava ler esta mensagem.
  • 18/10/2013 - Prof Fernando Mesquita
    De nada, Úrsula. 24h por conta de colocar uma luz no fim do túnel =D. Abraço,
  • 17/10/2013 - Priscila
    Vou fazer a prova nesse final de semana e esse artigo caiu como uma luva. Estou como a aluna que lhe escreveu. Super ansiosa. Engraçado que nem quando estava desempregada fiquei dessa maneira. Talvez seja porque eu queira que seja a última prova, apesar de saber que temos que fazer até passar e não para passar. Muito boas suas palavras. Tentarei segui-las.
  • 18/10/2013 - Prof Fernando Mesquita
    Priscila, é verdade. A angústia vem muitas vezes por querer controlar o incontrolável - querer que seja a última prova. Infelizmente, não temos como garantir isso. O ponto é exatamente fazer o melhor, do sangue nos estudos, cobrir as bases e torcer para que seja cobrado aquilo que sabemos mais. Fique firme aí, ok? Abraço,
  • 16/10/2013 - Maria Mendes
    Professor seus artigos são ótimos.
    Na semana de véspera da prova é melhor aumentar ao máximo o estudo ou diminuí-lo?
  • 17/10/2013 - Prof Fernando Mesquita
    Maria, obrigado. Eu prefiro sempre aumentá-los. É o momento que você tem para aprofundar aquilo que for possível, rever os tópicos estranhos e exercitar o máximo possível. Obrigado por comentar. Abraço,
Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: