Prof. Leandro Cadenas

15/10/2013 | 15:06
Compartilhar

Dia do professor!!!

Prezados amigos.



Hoje é o dia do professor!!!



Pelo menos uma vez ao ano lembramos de uma das figuras mais importantes das nossas vidas. Praticamente não há quem passe por esta vida sem um professor.



Um ser tão importante e ao mesmo tempo tão desprezado pelo Poder Público e, infelizmente, por muitos alunos.



A sala de aula não é mais um local prazeroso para muitos... desrespeito, prepotência, falta de educação é hoje uma rotina na imensa maioria das salas de aula Brasil afora.



Lecionar em uma sala de interessados em concurso público é um paraíso perto do que os professores de nível fundamental e médio têm que enfrentar nas escolas públicas.



É é para esses heróis, que fazem a diferença na cultura de um país, que vão minhas homenagens. Continuem firme nessa batalha. Não deixem que governos ou alunos inescrupulosos lhes retire a vontade de querer transmitir conhecimento, de querer um Brasil melhor.



Parabéns!!!



Leandro Cadenas Prado



 



 



 



EXALTAÇÃO DE ANINHA (O PROFESSOR)



Professor, “sois o sal da terra e a luz do mundo”. Sem vós tudo seria baço e a terra escura. Professor, faze de tua cadeira, a cátedra de um mestre. Se souberes elevar teu magistério, ele te elevará à magnificência. Tu és um jovem, sê, com o tempo e competência, um excelente mestre. Meu jovem Professor, quem mais ensina e quem mais aprende? O professor ou o aluno? De quem maior responsabilidade na classe, do professor ou do aluno? Professor, sê um mestre. Há uma diferença sutil entre este e aquele. Este leciona e vai prestes a outros afazeres. Aquele mestreia e ajuda seus discípulos. O professor tem uma tabela a que se apega. O mestre excede a qualquer tabela e é sempre um mestre. Feliz é o professor que aprende ensinando. A criatura humana pode ter qualidades e faculdades. Podemos aperfeiçoar as duas. A mais importante faculdade de quem ensina é a sua ascendência sobre a classe Ascendência é uma irradiação magnética, dominadora que se impõe sem palavras ou gestos, sem criar atritos, ordem e aproveitamento. É uma força sensível que emana da personalidade e a faz querida e respeitada, aceita. Pode ser consciente, pode ser desenvolvida na escola, no lar, no trabalho e na sociedade. Um poder condutor sobre o auditório, filhos, dependentes, alunos. É tranqüila e atuante. É um alto comando obscuro e sempre presente. É a marca dos líderes. A estrada da vida é uma reta marcada de encruzilhadas. Caminhos certos e errados, encontros e desencontros do começo ao fim. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina. O melhor professor nem sempre é o de mais saber, é sim aquele que, modesto, tem a faculdade de transferir e manter o respeito e a disciplina da classe.



© CORA CORALINAIn Vintém de cobre: meias confissões de Aninha, 2007


Comentários

Ainda não há comentários

Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: