Prof. Marlos Ferreira

17/09/2013 | 10:22
Compartilhar

Preparação BACEN - Economia

 



Olá, futuros colegas servidores da administração pública federal (BACEN E TCU 2013),



 Conforme combinado no último ponto, seguem mais duas questões do CESPE/UNB comentadas e extraídas literalmente do meu livro ECONOMIA EM QUESTÕES COMENTADAS DO CESPE/UNB, disponível para compra em www.elsevier.com.br e também na livraria do Ponto. 



 



01- (CESPE/UNB-ANAC-2012) Julgue os itens a seguir, acerca do equilíbrio do consumidor, dos efeitos preço, renda e substituição, da elasticidade da demanda ou procura, dos fatores de produção e da elasticidade da oferta.



a) Os fatores de produção podem ser classificados em naturais, trabalho e capital, sendo este ultimo dividido em físico e humano. O capital físico e formado pelos recursos manufaturados utilizados na produção, pela educação e pelo conhecimento incorporado na forca de trabalho.



b) O efeito substituição refere-se ao fato de que se trocam bens caros por bens mais baratos. Assim, a elevação dos preços de um bem implica menor desejo de se consumir esse bem, se houver um substituto para ele.



c) O preço de equilíbrio ocorre se demanda e oferta são iguais, de forma que cada comprador disposto a pagar o preço encontre um vendedor disposto a vender ao mesmo preço.



d) Caso a renda nominal dos consumidores seja constante, a elevação do preço do ingresso de um jogo do campeonato brasileiro de futebol acarretara uma tendência de queda da demanda por esse bem. Para continuar consumindo a mesma quantidade de ingressos para os jogos desse campeonato, os consumidores teriam de abrir mão do consumo de outros bens.



e) A elasticidade-preço da demanda, que determina como a quantidade demandada de um bem depende dos preços, é a razão entre a variação percentual dos preços e a variação percentual da quantidade demandada.



f) A elasticidade-preço da oferta é determinada por dois fatores: a disponibilidade de insumos e o tempo. A elasticidade tende a ser maior quando os produtores têm mais tempo para responder as alterações de preço.



Comentários:



A assertiva A está incorreta porque os fatores de produção podem ser classificados em naturais, trabalho e capital, sendo este ultimo dividido em físico e humano. O capital físico é formado pelos recursos manufaturados utilizados na produção ao passo que o capital humano é formado pela educação e pelo conhecimento incorporado na forca de trabalho.



A assertiva B está correta porque o efeito substituição ocorre quando se tem dois bens substitutos como é o caso da carne de boi e de frango e houve um aumento no preço de um deles de forma que o consumidor racional e com uma renda limitada, reduz a demanda desse bem em benefício da aquisição do bem substituto, relativamente mais barato.



A assertiva C está correta porque o equilíbrio do mercado ocorre quando a quantidade demandada é igual à quantidade ofertada, isto é, exatamente o número de compradores é igual ao número de vendedores do produto. Não há que se falar em excesso de oferta ou excesso de demanda.



A assertiva D está correta porque caso a renda nominal dos consumidores não se altere e haja um aumento no preço do ingresso do jogo do campeonato brasileiro, é de se esperar que ocorra uma queda na quantidade de ingresso adquirida pelos torcedores, uma vez que o salário deles não acompanhou tal aumento. Para que não haja queda no consumo dos ingressos, faz-se necessário que os consumidores deixem de comprar outros produtos a fim de se manter no mesmo nível de comprometimento de despesas, respeitando a restrição orçamentária.



A assertiva E está incorreta porque a elasticidade-preço da demanda  é a razão entre a variação percentual da quantidade demanda e a variação percentual dos preços.



A assertiva F está correta porque a oferta tende a ser mais elástica no longo prazo. No curto prazo, caso ocorra alguma alteração de preços, nem sempre é possível aos produtores ajustarem a oferta. Exemplificando, na agricultura, em razão de plantio, colheita, venda, não é possível ajustar a oferta em um curto espaço de tempo. Já em períodos maiores, os produtores podem variar os recursos de produção, aumentando ou diminuindo a produção, consoante a necessidade.



Gabarito: ECCCEC



  



02- (CESPE/UNB-ANAC-2012)Acerca da estrutura de mercado, julgue os itens que se seguem.



a) A inserção das empresas na estrutura produtiva não se inclui entre os elementos básicos do padrão de concorrência.



b) Existindo a denominada externalidade, o custo de oportunidade social de um bem difere do custo de oportunidade privado. As externalidades referem-se, portanto, ao impacto de uma decisão sobre pessoas que não participam dessa decisão.



c) O risco moral, relacionado à presença de informação assimétrica, engloba o denominado problema agente-principal, que ocorre no caso em que o agente, devendo agir no interesse do principal, é incentivado a agir de forma contraria ao que espera o principal. Isso ocorre porque o agente tem mais informações sobre suas ações do que o principal e, também, porque o principal não pode monitorar perfeitamente o agente.



d) Se o custo marginal social for igual ao beneficio marginal, haverá o que se denomina falha de mercado. Essa falha ocorre somente no caso de existirem mercados incompletos, concorrência imperfeita, externalidades ou informação assimétrica.



Comentários:



A assertiva A está incorreta porque um dos principais elementos para definir o tipo de estrutura de mercado está na capacidade maior ou menor de inserção das empresas na estrutura produtiva (barreiras à entrada ou saída de empresas).



A assertiva B está correta porque sempre que uma decisão particular ou em grupo, de pessoa física ou pessoa jurídica, afetar, isto é, impactar positivamente ou negativamente a vida coletiva, pode-se esperar que a externalidade esteja presente. Dessa forma, o custo social –CS- (para a coletividade) e o custo privado –CP- (para a empresa ou pessoa em particular) serão diferentes. Quando o CS>CP, então, tem-se externalidade negativa e quando o BS>BP, então, tem-se externalidade positiva.



A assertiva C está correta porque o risco moral é um tipo de problema de assimetria de informações em que acontece após o contrato ter sido estabelecido. O principal não tem como monitorar perfeitamente o agente. Ex: o cliente faz o  seguro de automóvel e não há como de forma perfeita o segurador garantir que o cliente tenha cuidado com o carro segurado.



A assertiva D está incorreta porque a falha de mercado surge quando o custo marginal social for diferente do benefício marginal. Além disso, existem vários focos provenientes de falhas de mercado como mercados incompletos (inflação e desemprego), monopólios, externalidades ou informação assimétrica.



Gabarito: ECCE



 



A quem ainda interessar, tenho apenas mais 10 exemplares do citado livro ao preço promocional (20% de desconto). Instruções: marlos@pontodosconcursos.com.br



Semana que vem, postarei mais duas questões de Economia (agora de Economia Brasileira) de provas aplicadas recentemente pela citada banca examinadora!



Forte abraço e bons estudos!



Marlos



marlos@pontodosconcursos.com.br 



 


Comentários

Ainda não há comentários

Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: