Prof. Bruno Fracalossi

06/08/2013 | 21:06
Compartilhar

Estratégias de estudo a longo prazo p/ os principais concursos!

Olá pessoal, tudo bem?

Escrevo esse artigo para dar dicas de como estabelecer uma estratégia inteligente de estudos à longo prazo para os principais concursos federais.

Muitas pessoas não conseguem dar efetividade a esse tipo de estudo porque ficam ansiosas demais, e acabam adotando estratégias erradas.

Eu mesmo já sofri isso. Depois que eu passei para Analista da Receita Federal, direcionei os meus estudos para Auditor, mas em razão da minha pouca experiência na época, acabei estudando todo o edital do concurso anterior. Como de costume, o novo edital veio repleto de mudanças, e eu me dei mal. Até a publicação do edital, eu havia elaborado quase 5.000 fichas de resumos. Pelo menos 2.000 delas foram de matérias que saíram do edital, ou seja, tempo perdido, e desespero para conseguir vencer o conteúdo das novas matérias.

Não adianta reclamar! O próximo edital não virá como o anterior. Mesmo sabendo disso, e sendo um fator recorrente, muitos concurseiros continuam estudando de forma inadequada, e levam grandes sustos com as mudanças, chegando ao ponto de desistirem dos certames nos quais focaram por tanto tempo.

Sinto dizer, mas essa atitude é de concurseiro amador, e não de profissional, como vocês são, não é mesmo?

O que eu sugiro: foquem somente nas matérias que sempre caem em todos os concursos do cargo para o qual vocês estão focados.

Aí você me diz: Você tá doido professor? E como você acha que eu vou conseguir estudar as demais matérias em um período tão curto como é o entre o edital e as provas?

Bom, essa é uma estratégia que já deu muito certo com milhares de concurseiros, inclusive comigo. Você tem que ter sangue frio e se manter nela até a publicação do edital.

Você já investiu na Bolsa de Valores? Os especialistas da área sempre dizem que o melhor é diversificar. Não apostar tudo em uma só ação. Você pode ter ganhos altíssimos, mas as grandes perdas acabam sendo as mais prováveis.

Faço esse paralelo com o mundo dos concursos. Invista o seu “dinheiro”, que aqui é o seu tempo, naquilo que é certo, e que te abre o leque para tentar outras opções. Um caso emblemático é o próprio concurso de AFRFB, pela quantidade de matérias envolvidas, e pela mudança constante dos editais.

A estratégia então é a seguinte:

Provas de múltipla escolha: Bancas Esaf, FCC, FGV e outras.

Foque o seu estudo nas matérias que sempre caem. Faça resumos, revisão e exercícios. Tente chegar a uma média de acerto de 80% em todos os exercícios.

Provas de C ou E, como são as do Cespe:

A mesma coisa, mas pode baixar a meta para 60% líquido.

Estude somente as matérias comuns até a data de saída do edital.

Controle a ansiedade, e não caia na besteira de incluir outras matérias com o tempo. Foque somente nas básicas e atinja os 80%. Se atingiu os 80%, busque os 90%. Se chegou aos noventa e o edital ainda não saiu, faça os concursos semelhantes que saírem e que possuírem matérias relacionadas.

Você já viu o filme Coração Valente? Nele, há uma cena de batalha em que o exército Inglês está vindo com tudo pra cima dos rebeldes Escoceses. O pau quebrando, adrenalina subindo, flecha rasgando a moleira dos caras, nego tremendo de medo, e o líder dos rebeldes (William Wallace) fica falando para os comandados, todo tranquilão: “HOLD, HOOLD, HOOOLLDDD”! Hold, no contexto, significa segura, espera, calma. No momento certo, ele dá a ordem de atacar e os rebeldes conseguem a vitória!

Com você deve ser assim também. O pau pode tá quebrando! É caboclo no fórum falando que entra a matéria tal, que sai a outra, e sei lá mais o quê, que o cachorro do vizinho, que é primo do hamster do filho do Secretário da RFB disse que entra a matéria X... Não interessa: HOLD, MEU AMIGO, HOLD!!!!


Após sair o edital, vc lerá somente os seus resumos, que estarão todos prontos, fará exercícios, e poderá dedicar o seu tempo (se possível com os 30 dias de férias) para conseguir 60% nas matérias pós edital.

Com essa média, a chance de ser aprovado é muito grande.

- Professor Bruno, pare de enrolar e dá o bizú logo! HOLD, meu amigo, hehehe!

Vamos lá (essas são, na minha opinião, as matérias que deverão ser estudadas antes da publicação do edital. Atinja no mínimo 80% no percentual de acertos de exercícios delas):


CARREIRAS DE AUDITORIA

Auditor da RFB - PORTUGUES, INGLES OU ESPANHOL, RACIOCÍNIO LÓGICO, ADM. PÚBLICA, DIREITO TRIBUTÁRIO, DIREITO CONSTITUCIONAL, DIREITO ADMINISTRATIVO, CONTABILIDADE E COMÉRCIO INTERNACIONAL;

Analista-Tributário da RFB – PORTUGUES, INGLES OU ESPANHOL, DIREITO ADMINISTRATIVO, DIREITO CONSTITUCIONAL, RACIOCÍNIO LÓGICO, ADMINISTRAÇÃO GERAL, DIREITO TRIBUTÁRIO, COMÉRCIO INTERNACIONAL E CONTABILIDADE;

Auditor Fiscal do Trabalho – PORTUGUES, INGLES OU ESPANHOL , RACIOCÍNIO  LÓGICO, DIREITO CONSTITUCIONAL, ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, ECONOMIA DO TRABALHO, DIREITO DO TRABALHO, SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO, DIREITO ADMINISTRATIVO E LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA;


CICLO DE GESTÃO FEDERAL

Analista de Finanças e Controle da CGU – PORTUGUÊS, INGLÊS OU ESPANHOL, RACIOCÍNIO LÓGICO, ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, DIREITO CONSTITUCIONAL, DIREITO ADMINISTRATIVO, AFO, CONTABABILIDADE PÚBLICA E AUDITORIA GOVERNAMENTAL (TÉCNICAS DE CONTROLE);

Analista de Finanças e Controle da STN (área econômica) – PORTUGUÊS, INGLÊS OU ESPANHOL, RACIOCÍNIO LÓGICO, ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, DIREITO CONSTITUCIONAL, DIREITO ADMINISTRATIVO, FINANÇAS PÚBLICAS, FINANÇAS PRIVADAS E ECONOMIA;

Analista de Finanças e Controle da STN (área contábil) - PORTUGUÊS, INGLÊS OU ESPANHOL, RACIOCÍNIO LÓGICO, ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, DIREITO CONSTITUCIONAL, DIREITO ADMINISTRATIVO, CONTABILIDADE GERAL E CONTABILIDADE PÚBLICA;

Analista de Comércio Exterior do MDIC – PORTUGUÊS, INGLÊS OU ESPANHOL, RACIOCÍNIO LÓGICO (não caiu no último, mas serve para os concursos da RFB), DIREITO CONSTITUCIONAL, DIREITO ADMINISTRATIVO, COMÉRCIO INTERNACIONAL, DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO, RELACÕES INTERNACIONAIS, CONTABILIDADE E ECONOMIA;

Analista de Planejamento e Orçamento do MPOG – PORTUGUES, INGLÊS, RACIOCÍNIO LÓGICO, DIREITO CONSTITUCIONAL, DIREITO ADMINISTRATIV, ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA, ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E CONTABILIDADE PÚBLICA;

Especialista em Políticas Públicas e Gestão do MPOG – PORTUGUÊS, INGLÊS, RACIOCÍNIO LÓGICO, DIREITO ADMINISTRATIVO, DIREITO CONSTITUCIONAL, ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA/GESTÃO GOVERNAMENTAL, CIÊNCIA POLÍTICA E ECONOMIA  (políticas públicas somente na segunda fase);


NÚCLEO FINANCEIRO

Analista do Banco Central (área econômica) – PORTUGUÊS, DIREITO ADMINISTRATIVO, DIREITO CONSTITUCIONAL, SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL, ECONOMIA, RAC. LÓGICO, COSIF, ESTATÍSTICA, ECONOMETRIA, FINANÇAS PRIVADAS;

Analista do Banco Central (área supervisão financeira) – PORTUGUÊS, DIREITO ADMINISTRATIVO, DIREITO CONSTITUCIONAL, SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL, ECONOMIA, RAC. LÓGICO, COSIF, SUPERVISÃO E AUDITORIA GOV, ESTATÍSTICA e FINANÇAS PRIVADAS.

Por fim, se você quer deixar todas essas preocupações de planejamento, estratégia, táticas etc de lado, e se concentrar somente nos estudos, pode me chamar em um dos meus Coachings:

coaching básico – turma 03

coaching para AFC/CGU

coaching para ATRFB

coaching para APO/MPOG


Neles, eu te darei todas essas facilidades, aliado a um despejo motivacional e a uma cobrança rígida e efetiva.

Inevitavelmente, há tempos na vida em que você não está estudando do jeito que realmente queria, ou talvez tenha a intuição de que os estudos poderiam render mais, apenas não sabe como. Esses momentos podem durar apenas um curto espaço de tempo ou parecer se estenderem indefinidamente.

Quando isso acontece, você pode ficar empacado. Essa é a hora de contar com um coach para te ajudá-lo. Eu posso te ajudar a achar as respostas que você esteja procurando. É como procurar sozinho pelas chaves da casa que você perdeu e andar em círculos até que alguém o convida a refazer seus passos e observar o que está deixando passar.

Como demonstração de uma das atividades que eu uso em meu programa, para te dar motivação, quero que pense naquilo que você conquistou em sua vida e que nunca acreditou que poderia conquistar.

Reserve uns minutos para pensar em algo que você conquistou no passado, alguma coisa que um dia lhe pareceu impossível. Talvez se lembre de um trabalho que fez, da casa onde mora, da família que criou, de algum marco ou hobby que conseguiu se superar, de uma prova que já passou...

À medida que pensa sobre suas conquistas, observe seus pés leves, a efervescência de entusiasmo por dentro, o sorriso de satisfação e o contentamento que surge quando você pode aprovar a si mesmo e as suas ações.

Quer sentir isso de novo? VOCÊ PODE! E VOCÊ VAI! VOCÊ É CAPAZ DE CONSEGUIR SER APROVADO NO CONCURSO EM QUE DESEJAR! SEJA ELE QUAL FOR! BASTA LUTAR! MUITO! COM A GARRA E DEDICAÇÃO! COM SANGUE NOS OLHOS!!!!!

Um abraço.

Prof. Bruno Fracalossi

brunofracalossi@pontodosconcursos.com.br

www.facebook.com/bruno.fracalossipaes



 


Comentários

  • 14/01/2014 - Alessandro
    Olá,

    Já sou servidor público mas quero começar a me preparar para AFRFB ou AFT.
    Achei sua estratégia de preparação a longo prazo interessante e quero utilizá-la, mas gostaria que esclarecesse uma dúvida que restou na minha cabeça.
    Você diz que nas provas de múltipla escolha, deve-se estudar, revisar e resolver questões buscando 80% de acerto. Nas provas de C/E você diz para estudar, revisar e resolver questões buscando 60% líquido de acertos, mas em seguida diz para focar nas matérias básicas buscando 80% e, no período entre o edital e a prova, se dedicar as matérias novas buscando 60% líquido de acerto?!
    Afinal de contas, nas provas de C/E a referência deve ser 80% ou 60% líquido?
  • 24/09/2013 - Cesar Henrique
    Olá professor eu tenho um dúvida em relação a escolha da área, vale a pena focar só na área fiscal? o concurso mais expressivo é o da RFB, mas também há os dos fiscos estaduais e municipais que não acontecem com frequência, minha dúvida é se não seria melhor focar em gestão e controle ou área administrativa, isto quando no meu preciso de uma saída pra um trabalho mais tranquilo para depois voar mais alto. Aproveitando queria saber se o Coaching geral possui orientações deste tipo? tenho interesse em me matricular. Grato.
  • 30/08/2013 - Cintia
    Prof, tenho acompanhado seus textos valiosos, entretanto, meu foco são os tribunais, área judiciaria, o q me dizer sobre preparação a longo prazo. Obrigada.
  • 25/08/2013 - Diego
    Professor, parabéns pelos artigos. Gostaria de sanar uma dúvida: Estudo para AFRFB a 6 meses. A previsão é de concurso final de 2014 para 2015. Tendo em vista outros concursos que podem anteceder o da Receita, o que o senhor me aconselharia, além de CONTAB, ADMIN, PORT, RAC.LÓG,ESPANHOL, CONSTIT, TRIBUTÁR, LEGISLAÇ TRIB ? Estou quase finalizando o primeiro ciclo e queria incluir outra matéria. Estou em dúvida em INTERNACIONAL OU CONTAB. PÚBLICA. Dá essa força aí professor! abçs
  • 19/08/2013 - Everton
    Professor Bruno, para a CGU, na área de prevenção e ouvidoria, devo incluir a matéria de Ciência Política naquelas sempre recorrentes?
    E aproveitando: estudo todas as materiais do EPPGG/13 para o próximo certame?
    Abraços, mestre!!!
  • 19/08/2013 - antonio
    boa noite, professor!
    e em relação aos fiscos estaduais? que matérias podemos focar?
  • 08/08/2013 - Adriana Nascimento
    Olá prof. Bruno!! Para Analista do Bacen consta inglês nas matérias básicas, acha que não precisa incluí-la nessa primeira fase de estudos? Obrigada!
  • 08/08/2013 - Prof Bruno Fracalossi
    Adriana, tudo bem? Eu incluí Inglês pq essa matéria cai em todos os outros concursos, ok? Um abraço. Prof. Bruno Fracalossi
  • 08/08/2013 - Talita
    Professor no ultimo concurso de analista do BACEN caiu inglês, neh? Acha que podem cobrar novamente, não vi lingua inglesa nos conteudos citados.
  • 08/08/2013 - Alex Sandro
    Olá Bruno, muito bom os seu texto. Bruno, tenho estudado para a ABIN - cargo Oficial de Inteligência. Os últimos concurso para essa instituição foram em 2004 e 2008. A diferença entre eles é que no último saíram história e informática.
    Já tem 5 anos desde o último concurso. Minha pergunta é como manter o foco num concurso tão demorado (o pedido ao MPOG já tem 2 anos) e qual matéria não estudar?
    Abraços
  • 08/08/2013 - Prof Bruno Fracalossi
    Olá Alex, tudo bem? O ideal é vc tentar estabelecer um foco em uma área, e não em um cargo, justamente para tentar evitar esse tipo de situação, que gera muita ansiedade. Analise a possibilidade de focar nos demais concursos dessa área de inteligência/policial. Um abraço. Prof. Bruno Fracalossi
  • 08/08/2013 - DEBORAH
    Só não entendi o COMÉRCIO INTERNACIONAL para a prova de analista, sendo que no último edital NÃO CAIU ESSA MATÉRIA... e aí, como fica??
  • 08/08/2013 - Prof Bruno Fracalossi
    Olá Deborah, tudo bem? Eu expliquei o motivo em um dos meus comentários abaixo, ok? Um abraço. Prof. Bruno Fracalossi
  • 07/08/2013 - Sofia
    Bruno, na lista de matérias que vc postou para ATRFB, não seria melhor incluir LT e LA no lugar de Comércio internacional (essa não caiu no último edital)? abs
  • 07/08/2013 - Prof Bruno Fracalossi
    Olá Sofia, tudo bem? O melhor mesmo é estudar CINT, pois ela abrange mais conteúdo, e dá as noções sobre LA. Não acho que LA e LT caiam novamente, mas isso é chute. Um abraço. Prof. Bruno Fracalossi
  • 07/08/2013 - Paulo H Amaral
    Os seus artigos são ótimos. Já li todos. Não deixe de escrever com frequência.
  • 07/08/2013 - Antonia Batista dos
    Prof. vocês sempre falam em ficha de resumos. onde encontro essa fichas?
    obrigada.
    Antonia.
  • 07/08/2013 - Prof Bruno Fracalossi
    Olá Antonia, tudo bem? Consulte os meus artigos anteriores. Em um deles eu indiquei 4 tecnicas de resumos, inclusive com fotos de cada uma. Um abraço. Prof. Bruno Fracalossi
  • 07/08/2013 - Helen
    Olá, professor! Tudo bem? E pra área policial (agente PF), o que você recomenda? Estou pensando em deixar economia de fora, por enquanto. Obrigada, grande abraço!
  • 08/08/2013 - Prof Bruno Fracalossi
    Olá Helen, como vai? Eu me basearia nas matérias do edital atual da PCDF. Um abraço. Prof. Bruno Fracalossi
  • 07/08/2013 - Cristian Carla
    Olá professor. Qual o motivo do seu chute com relação a LT e LA não entrarem no próximo certame?
  • 08/08/2013 - Prof Bruno Fracalossi
    Olá Cristian, tudo bem? Essa são matérias incomuns. Como sempre ocorrem mudanças nos editais da RFB, eu não as estudaria por agora. Um abraço. Prof. Bruno Fracalossi.
  • 06/08/2013 - Diego Sabino
    Bruno, boa noite.
    Adoro seus artigos, leio todos, inclusive sou seu seguidor no facebook.
    Estou estudando para ATRFB e referente ao artigo de hoje, gostaria de saber o motivo de você não ter incluído Direito Previdenciário nas matérias básicas? Ou esta matéria está inclusa dentro do conteúdo de Direito Tributário?
    Abs
  • 07/08/2013 - Prof Bruno Fracalossi
    Olá Diego, tudo bem? Não incluí pq essa matéria não é frequente e você consegue estudá-la após o edital, se ela vier. Um abraço. Prof. Bruno Fracalossi
Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: