Prof. Leandro Cadenas

22/07/2013 | 18:40
Compartilhar

Dez anos no Ponto dos Concursos!

Caros amigos


Tenho me sentido um pouco devedor do “site” do Ponto e seus milhares de leitores.

Apesar de ter mais de 330 postagens, o que me coloca em segundo lugar no número delas, atrás apenas do mestre Vicente, a verdade é que nos últimos anos minha presença aqui despencou. De uma média história de mais de um texto por semana, a partir de 2011 isso caiu para menos de um por mês. Este ano foi parar em um por semestre!

Mas isso tudo tem uma (ou várias) explicação, e aproveito o texto de hoje para falar um pouco disso e me apresentar, já que, inegavelmente, o público de hoje não é mais o mesmo do meu tempo de artigos semanais, e provavelmente a maioria de vocês sequer me conhecem.

Passaram-se dez anos.

Sim, dia 16 de maio de 2003 eu escrevi minha primeira participação neste “site”.

(http://www.pontodosconcursos.com.br/artigos3.asp?prof=66&art=726&idpag=34)

Havia pouco tempo que era auditor fiscal da Receita Federal, concurso no qual fui aprovado com ajuda da dupla Vicente Paulo e Marcelo Alexandrino, com seus textos na “internet”.

Iniciar meus escritos no ponto era apenas uma forma de tentar retribuir um pouco da ajuda que, graciosamente, eu tive na minha preparação. Naquele tempo sequer falávamos em cursos “on-line” pagos, aulas teletransmitidas, escrever livros ou viajar o país dando aulas.

Mas isso tudo veio de forma natural.

O ponto virou referência em qualidade na preparação para concursos, passamos a dar aulas (presenciais) em todo Brasil (eu mesmo dei aulas, durante anos, em mais de 30 cidades por aí...), publicamos livros, lançamos cursos “on-line”, participamos da aprovação de milhares de pessoas, auxiliando, de uma forma ou de outra, a realizar sonhos, mudar a vida das pessoas.

E nossas vidas mudaram com a mesma intensidade.

Nesse mesmo tempo, também corri atrás dos meus sonhos.

Além de me realizar no trabalho, efetivamente contribuindo para um país melhor, na seara pessoal me formei em Direito (passei na Receita como engenheiro eletricista, diploma que guardo com carinho e conhecimento que me ajuda a trocar lâmpadas em casa!!), estudei e passei em concursos para a magistratura, virei juiz federal, casei (claro, Marcelo e Vicente padrinhos!!) e dei uma volta ao mundo, que concluí há poucos dias!

A rigor, nunca me afastei do mundo “concursal”. Não parei de dar aulas, de responder aos diversos “emails” que diariamente recebo dos ainda concursandos, lançar livros etc.

Gosto desse mundo, gosto de me sentir útil, gosto de ajudar aqueles que arduamente batalham por uma vaga no serviço público.

E assim continuará sendo.

A redução da minha participação do Ponto, nos últimos anos, deu-se em razão dessa infinidade de novas coisas que surgiram na minha vida, e a dificuldade de dar conta de tudo nas nossas limitadas 24 horas diárias.

Então, volto agora com uma proposta complementar ao estudo que cada um de vocês já vem fazendo com os demais professores do Ponto. A idéia é de apresentar um pouco de jurisprudência, em especial do STF, para que você possa ir para a prova preparado.

Passei anos falando em sala de aula da importância de estudar os julgados dos Tribunais superiores, e a imensa maioria dos alunos seguia (segue) sem dar muita atenção a isso.

Há uns 8 anos lancei o primeiro livro do mercado com jurisprudência selecionada, mesclada com questões de concurso, depois copiado por praticamente todas as editoras. Mas os alunos continuaram e continuam achando que não precisam estudar isso... Já vi prova com quase 25% das questões feitas com base em julgados... concursos de nível médio com questões só resolvidas com conhecimento do posicionamento do STF... Se isso não é suficiente para você estudar a jurisprudência, não sei o que seria.

Enfim, minha idéia é postar, toda semana, os principais julgados noticiados no Informativo do STF. Aos poucos vocês vão se acostumando com o linguajar e as decisões. No começo é chato mesmo. Depois você se acostuma, mas seguirá sendo chato!! Mas é necessário? Sim. Então vamos à luta!

 Por último, sempre digo que o mais difícil na caminhada ao cargo público é manter-se motivado pelo tempo necessário para estudar o suficiente para passar. Estudar não é o problema, já que fazemos isso há décadas. Estar motivado para iniciar também não, isso praticamente todos conseguem. E manter-se motivado depois de 1, 2, 3 anos de estudo? Aí sim é para poucos. Esses poucos são os que terão seus nomes nas listas de aprovados...

E, para esses momentos de desânimo, serve uma dica: eleja algo que você quer muito. Sempre que estiver com vontade de parar lembre do seu desejo e renove suas energias. Pode ser algo altruísta, como servir ao público, ajudar a melhorar a vida daqueles que precisam do Estado, ou mesmo algo mais pessoal (ou ambos), como uma vida estável, educação de qualidade para os filhos, uma casa nova, um carro novo, um marido/esposa novo/a... Escolha o seu desejo e mantenha-se firme na caminhada até alcançá-lo.

Um dos meus desejos (sim, eu tinha vários) era uma volta ao mundo completa, usufruindo da benesse que é ter 60 dias de férias por ano (enquanto esse for um diferencial da magistratura...).

E assim foi: conheci lugares que a maioria dos mapas sequer indica, vi paisagens de tirar o fôlego, conheci gente das mais variadas etnias, provei cores, sabores e aromas especiais.

E, após realizar esse sonho, possível após a aprovação no cargo que eu almejava, aqui estou novamente, pronto para ajudar você a realizar o seu!

Vamos nessa!

Sucesso sempre

Leandro Cadenas Prado


Comentários

  • 29/07/2013 - Maycon
    Prof, embora seja um fator pessoal, qual dica o Sr. recomenda que seja eficiente como método de estudo e de revisão?
  • 29/07/2013 - Prof Leandro Cadenas
    Caro maycon, sim, é um fator pessoal. Você tem que testar algumas formas para identificar aquela que mais lhe agrada e traz bons resultados.
    Pode ser fazendo resumo do que lê, ver a mesma aula várias vezes, ler e grifar. Também estudar uma matéria do início ao fim, uma por dia, uma por hora...
    Eu gostava de ler e grifar e depois de algum tempo lia só a parte grifada. alguns livros li umas 10x, uma vez todo, as demais só as partes grifadas. Me ajudou muito.
    Abs, bons estudos.
  • 24/07/2013 - Helder
    Realmente manter-se focado é o mais difícil. Resultados negativos, pontuação abaixo da sua expectativa, etc....Momento complicado. Sem falar nos comentários: "Ainda não passou?"....Dias melhores virão...
  • 24/07/2013 - Prof Leandro Cadenas
    Isso mesmo, caro Helder, foco nos estudos e irás colher o resultado do teu sacrifício!
    Sucesso!
  • 23/07/2013 - RAMON CENSI
    Extraordinária sua narrativa. Sou de SC e pretendo fazer concurso para a Magistratura e MP. Sempre acompanho o site do Ponto - espetacular! Gostaria que o Prof. desse dicas de bibliografia/materiais para estes concurso: civil, processo civil, penal e processo penal, adm e constitucional. Sei que seu cabedal jurídico pode me ajudar muito nesta caminhada. Obrigado por tudo!
  • 23/07/2013 - Prof Leandro Cadenas
    Caro Ramon, obrigado!
    Sobre livros, em primeiro lugar, é importante que se diga que há uma boa parcela de pessoalidade na escolha dos livros, ou seja, além de um bom conteúdo, você deve escolher um autor que escreva de uma forma que lhe pareça agradável. Assim, vou indicar os que eu gostei, mas isso não significa que você também gostará ou que não deve buscar outros!
    Civil - Flavio Tartuce, Metodo
    Processo Civil - Misael Montenegro, Atlas
    Processo Penal - Avena, Jus podivm
    Penal - algum próximo das ideias da banca que você fará, tem tantos por aí...
    Constitucional e adminsitrativo - eu ainda fico com os livros do MA e VP. ainda que seja concurso para MP e PJ, eu gosto da forma como abordam e me parece bem completos.
    Bons estudos
  • 23/07/2013 - Christiano de Souza
    Professor, acompanho suas aulas desde essa época, continuo no caminho, já pensei em desistir, mas no fim isso foi só um mal pensamento. Continuando com mais afinco e disciplina, um abraço!
  • 23/07/2013 - Prof Leandro Cadenas
    Isso aí Christiano, reveja suas estratégias para tentar identificar alguma eventual falha na preparação, para que a a provação venha, enfim!!! Abs, sucesso, bons estudos.
  • 22/07/2013 - Vicente Paulo
    Puxa vida, Magistrado! Que emoção lembrar que começamos tudo por aqui, há dez anos! Um ex-aluno que, hoje, é Juiz Federal, aprovado em primeiro lugar num dos certames mais complexos do nosso país! Que orgulho para mim! Que ganho para o país, ter um Juiz como você - uma das pessoas mais ponderadas, éticas, equilibradas e justas que eu conheci nessa vida (você me conhece, sabe que essas palavras são verdadeiras, eu não faço o estilo puxa-saco). Mas, pode acreditar, orgulho mesmo, maior ainda, eu tenho do privilégio que é tê-lo, há tanto tempo, como um grande amigo! Um forte abraço do ex-professor, amigo e grande admirador, Vicente Paulo
  • 22/07/2013 - Prof Leandro Cadenas
    Poxa Vicente, aí fico emocionado. Certamente as amizades que fiz nesse meio, a começar pela sua e do Marcelo, já fazem com que a vida valha a pena! Ver os ex alunos nas muitas reuniões na Receita, depois de aprovados, idem. Você inaugurou uma nova era nos mundo dos concursos... Eu só peguei carona. Obrigado!
  • 22/07/2013 - JACKSON
    É professor, só quem está ou quem já passou por essa batalha concurHERCULEIRA sabe o que passamos e o que sentimos. Eu já estou nessa batalha desde 2006, quando conheci o ponto e o seus belíssimos artigos. Até aqui não obtive êxito em nenhum concurso, claro por culpa exclusivamente minha. Agora estou tentando AFT (meu sonho), mas como não estava estudando o suficiente e com tanta matéria nova acho que ainda não vai dar. Já Tentei os de 2006 e 2009 mas nada, não consegui nem os mínimos. Como vc falou, a essa altura não tenho motivação nem para estudar para concurso de nível fundamental, o negócio tá feio, rsrsrsrs. Já estou a 5 anos em uma empresa privada e nunca mudei de função, pois só penso em concurso e não tenho o mínimo interesse em ficar nela, isto é, já se passou esse tempo todo e nada de promoção na empresa e nem no mundo dos concursos. A angústia tá demais, e suas palavras vieram em um bom momento. Para piorar a situação a minha companheira não ajuda, só cobra. Desculpe !!!!!
  • 22/07/2013 - Prof Leandro Cadenas
    Caro, foco nos seus sonhos!! Estude com afinco que o sucesso virá! Abs, bons estudos!!
Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: