Prof. Bruno Fracalossi

21/07/2013 | 15:53
Compartilhar

Como aproveitar ao máximo os próximos concursos até as eleições?

Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Julho de 2013! Estamos caminhando para o final do ano já! Ano que vem teremos Copa do Mundo e eleições para a Presidência da República e Governo dos Estados, o que leva a crer que será um ano mais parado, em se tratando de concursos públicos.

Qual estratégia a se adotar, a fim de aproveitar ao máximo as oportunidades vindouras ainda em 2013 e no primeiro semestre de 2014?

Já expliquei sobre o ciclo dos concursos públicos, mas comentarei sobre ele novamente.

Podemos observar que há ciclos de publicação de editais dos principais concursos públicos federais. Geralmente, esses ciclos duram de dois a três anos, e param por um, justamente em razão das eleições.

Nesse período compreendido pelos ciclos, temos sempre a publicação dos principais editais das carreiras de Estado do Governo, como:


Carreiras de Auditoria: AFRFB , ATRFB e AFT;

Ciclo de Gestão: AFC/CGU e STN, ACE/MDIC, EPPGG e APO/MPOG;

Núcleo Financeiro: Bacen, SUSEP e CVM;

Carreiras de Segurança Pública: PF, PRF e PCDF;

Agências Reguladoras: ANATEL, ANEEL, ANP, ANTT, ANCINE, ANTAQ, ANA.

 

Exceções à regra,  são os concursos do TCU, IPEA, IRBR, Tribunais e Legislativo, que não costumam seguir esse ciclo.

Podemos observar que, do ciclo acima, os concursos que faltam ter os editais publicados são: Bacen, APO/MPOG, Susep e CVM e PCDF.

Fugindo também dessa regra dos ciclos, e em razão dos grandes eventos que o Brasil sediará, devem ser publicados novos editais para os concursos da RFB, PF e PRF no ano que vem. Além disso, é muito provável que um novo concurso de EPPGG/MPOG aconteça novamente em 2014, em razão de ainda haver 700 cargos vagos para a carreira, e da grande lacuna entre o último concurso (2009) e o atual (2013).

Qual é o cenário mais provável então:

 

2013: Editais do Bacen, APO/MPOG, Susep, CVM e PCDF;

2014: Editais da RFB (Auditor e Analista) e EPPGG/MPOG.


Como conseguir aproveitar essa nova leva de editais, e ser aprovado antes do fim desse ciclo?

Conciliando os seus estudos da seguinte forma:


Para quem está focado no EPPGG/MPOG atual e Bacen : concilie os estudos com o próximo APO/MPOG, SUSEP, CVM e EPPGG/2014;

Para quem está focado na RFB: concilie com o Bacen (área 3) e com o APO/MPOG.

 

Há muitas matérias em comum nesses certames, e o ideal é prestar todos, nem que seja somente para treinamento. Como eu já te disse várias vezes, não fique bitolado em um cargo somente. Tente explorar ao máximo as matérias correlatas. Sempre ouvimos falar de pessoas que estudavam focadas em um cargo, mas que foram aprovados em outro, e estão plenamente satisfeitas.

 

Para quem achar necessário que eu estipule uma tática exclusiva e efetiva para a conciliação desses concursos, é só contratar um dos meus coachings.

Estou com alguns abertos. São eles:

 

http://www.pontodosconcursos.com.br/coaching/servicos_coaching.asp

Coaching Básico para concursos – turma 02 (6ª turma no total);

Coaching Intensivo para APO/MPOG;

Coaching Intensivo para EPPGG/MPOG;

Coaching Intensivo para ATRFB;

Coaching Regular para AFC/CGU.


Todos eles possuem vagas limitadas, e serviço completamente personificado. O Coaching Básico – Turma 02, por exemplo, QUE É A MINHA ESPECIALIDADE, possui somente duas vagas disponíveis, com o início previsto para o próximo dia 29/07 (se você precisar de maiores informações, não se sinta constrangido em me mandar um e-mail. Eu prometo respondê-lo em até 24 horas).

Essa modalidade de Coaching Básico é um tiro curto, de dois meses, voltada não só para os concurseiros iniciantes, mas também para os veteranos com dificuldades de aprendizado.

Nele, eu te passo uma série de técnicas, como: aproveitamento de tempo, metodologias de estudo, ganho de escala de conhecimento, aperfeiçoamento cognitivo, motivação pessoal, técnicas de resumo, leitura dinâmica adaptada, e o mais importante: cobrança efetiva e rígida, disciplina com horários, e comprometimento com metas estipuladas.

O índice de avaliação final do curso dos mais de 100 alunos já treinados por mim supera os 90%. Nesse curto período de tempo entre o lançamento da minha primeira turma da consultoria até hoje, já consegui ajudar alguns alunos a serem aprovados em excelentes concursos. Como já mencionei em artigos anteriores, nas planilhas de medição de desempenho elaboradas por mim, já tive aluno saindo da média dos 50% e chegando a mais de 80% no final do período.

 

Aí você me diz: Mas professor, o Coaching Básico é muito caro. São duas mensalidades de R$ 680,00.

Eu te respondo: não é, meu amigo! E eu te afirmo isso com convicção, e com um exemplo concreto: eu posso te afirmar que, medindo o tempo de forma subjetiva, e contando com a sua disciplina e com o seu comprometimento ao seguir as metas estipuladas, consigo encurtar o seu tempo em no mínimo seis meses no caminho da sua aprovação.

 

Ainda no campo da suposição, e analisando, em termos monetários, o seguinte:

1 - os seus gastos reais com os estudos (deslocamento, lanche, livros, cursos etc) = R$ 1.000,00/mês;

2 - o custo de oportunidade de se dedicar o tempo aos estudos, ao invés de estar trabalhando e recebendo salário = R$ 3.000,00/mês, e

3 - seis meses de salário em um cargo como o de ATRFB = R$ 10.000,00/mês.

 

Podemos falar em um ganho real de cerca de R$ 14.000,00 mensais e de R$ 84.000,00 em seis meses.

 

Fazendo-se a conta, temos que: você aplica R$ 1.360,00, que podem resultar em R$ 84.000,00 no futuro. Isso representa um ganho monetário de mais de 6.000% do valor aplicado!

Ou seja, o valor aplicado no Coaching é justo e recompensador!

Se você está com dificuldades nos estudos, e tem condições financeiras de investir em um Coaching, pense nisso!

Um abraço.

Prof. Bruno Fracalossi

brunofracalossi@pontodosconcursos.com.br

www.facebook.com/bruno.fracalossipaes



 



 


Comentários

  • 22/10/2013 - Ana Claudia
    Olá professor
    Quanto ao concurso da SUSEP área: Administração e Finanças
    e o EPPG/MPOG que o Sr. comentou que estão previstos para sair, há como conciliar o estudo para esses dois concursos ou é melhor focar só em um?
    Qual a previão da SUSEP? e do MPOG?
    obrigada
  • 07/10/2013 - daniel farias de mel
    bom dia professor, estou focando os TRTS cargo oficial de justiça, gostaria de começar o seu curso de coaching básico, serve para esse tipo de concurso, gostaria de mais informações.
  • 26/07/2013 - natalia araujo
    Olá Professor. Seu coaching também é direcionado para concurseiros da área jurídica (delegado/promotor)? Estou na dúvida. Qual a previsão para o próximo coaching básico? Obrigada!
  • 26/07/2013 - Prof Bruno Fracalossi
    Olá Natália, tudo bem? Ele é adapatado a qualquer concurso. A turma 02 começa no proximo dia 29. Um abraço. Prof. Bruno Fracalossi
  • 26/07/2013 - Helen
    olá, professor! existe a possibilidade de uma autorização para agente da PF em breve, mas por enquanto é só "fofoca"... rs... você acha que é possível?
  • 26/07/2013 - Prof Bruno Fracalossi
    Olá Helen, tudo bem? É bem possível que tenhamos um novo concurso para agente da PF em 2014. Um abraço. Prof. Bruno Fracalossi
  • 23/07/2013 - Fuscao
    O concurso de APO/MPOG foi autorizado?
  • 23/07/2013 - Prof Bruno Fracalossi
    Olá. Ainda não, mas deverá ser em breve! Um abraço. Prof. Bruno Fracalossi
  • 23/07/2013 - Everton Costa Santos
    Tudo bem, professor Bruno!
    Desculpa, esqueci de colocar o concurso. Eu me referia ao concurso do EPPGG/2014. Um abraço!
  • 22/07/2013 - Paulo Cesar
    Bruno,
    Vai haver novo concuros do EPPGG em 2014? Você poderia explicar melhor essa possibilidade.

    Desde já agradeço.
  • 22/07/2013 - Prof Bruno Fracalossi
    Olá Paulo, tudo bem? Eu expliquei no comentário do nosso amigo José Neto. Um abraço. Prof. Bruno Fracalossi
  • 22/07/2013 - Rosany
    Gostaria de saber se no próximo ano haverá a possibilidade de ter o concurso pro TRE-BA, já que o último foi em 2009.
  • 22/07/2013 - Mario Braga
    Boa noite professor Bruno! Já tem autorização para os concursos da SUSEP e da CVM? Obrigado, Mário.
  • 23/07/2013 - Prof Bruno Fracalossi
    Ainda não, Mario. Um abraço. Prof. Bruno Fracalossi
  • 22/07/2013 - Everton Costa Santos
    Profº Bruno, o sr acredita que edital para o concurso do ano que vem será muito próximo ao concurso desse ano?
  • 23/07/2013 - Prof Bruno Fracalossi
    Olá Everton, tudo bem? Vc se refere a qual concurso? Um abraço. Prof. Bruno Fracalossi
  • 21/07/2013 - Saulonapoli
    Acho que estou precisando, já estou um bom tempo estudando e não consigo a gloriosa aprovação. Sei lá onde estou errando. Próximos concursos que vou fazer são o TRT/GO e TRT/PA AJAA
  • 21/07/2013 - EVANIA BENICIO
    Estou amando a orientação do Bruno. Aprendi a cronometrar tudo em minha vida! Fico super feliz quando vejo a minha planilha toda completinha.
  • 21/07/2013 - Jose Neto
    Será q o suposto eppgg 2014 viria num formato para contemplar o perfil necessário ao preenchimento de vagas no CADE?
  • 22/07/2013 - Prof Bruno Fracalossi
    Olá meu amigo, tudo bem? Restam 700 cargos vagos para o cargo: 500 para o MPOG e 200 para o CADE. No concurso atual, deverão ser preenchidos 300 cargos, restando 400 ainda. A demanda por EPPGG na Esplanada é gigantesca, por isso um novo concurso no ano que vem. Um abraço. Prof. Bruno Fracalossi
Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: