Prof. Fernando Mesquita

18/07/2013 | 15:47
Compartilhar

Provas computadorizadas

Você estuda, estuda, estuda. Chega à sala da prova. Apresenta sua identidade e recebe, em resposta, um login e uma senha para acesso a um computador. Responde metade das questões que responderia normalmente - com o detalhe de que essas questões são adaptadas de acordo com seus acertos e erros. O computador calcula um índice que reflete sua proficiência na prova. Você acaba o exame e recebe o resultado na hora.

 

Parece ficção? O Cespe divulgou recentemente, em sua revista digital (edição 23 - " A aplicação de provas em computador"), esse cenário. Venho acompanhando essas informações há algum tempo e sempre fiquei muito animado com a possibilidade, simplesmente porque o método resolve uma série de problemas existentes hoje (segurança, cola, nível da prova, duração, adequação do nível do conhecimento e comparabilidade).

 

As provas estão ficando cada vez mais sofisticadas, assim como os métodos. Em vez de pânico, devemos torcer para que isso torne-se o padrão, porque daí poderemos separar o joio do trigo - quem sabe de quem não sabe, quem chuta de quem acerta e quem estuda de quem vai só pela farra. E, se você vem adiando sua preparação correta, está mais do que na hora de levar essa preparação a sério.

 

Se você está pensando em dar um passo em direção ao sucesso, dê uma olhada sem compromisso na aula demonstrativa para Assistente Administrativo da Câmara dos Deputados (Aula Demonstrativa) - mas só se quiser ganhar 15 mil/mês, com horário diferenciado em um dos melhores órgãos públicos no país para se trabalhar.

 

Sucesso e bons estudos,
Fernando Mesquita

Comentários

Comentar este artigo
MAIS ARTIGOS DO AUTOR
Compartilhar: